450 kg de alimentos irregulares são apreendidos durante fiscalização na Capital – Alagoas 24 Horas: Líder em Notícias On-line de Alagoas

A Vigilância Sanitária de Maceió retirou de circulação, nessa quinta-feira (6), 450kg de alimentos impróprios para o consumo humano. O material apreendido – carne bovina, charque, calabresa, salsicha e queijo, entre outros produtos – estava fora do prazo de validade e, em parte, estragado. Os alimentos foram recolhidos de supermercados localizados nos bairros de Mangabeiras… Ascom SMS Maceió

imagem09-01-2022-05-01-21
imagem09-01-2022-05-01-21

Material apreendido pela vigilância sanitária

A Vigilância Sanitária de Maceió retirou de circulação, nessa quinta-feira (6), 450kg de alimentos impróprios para o consumo humano. O material apreendido – carne bovina, charque, calabresa, salsicha e queijo, entre outros produtos – estava fora do prazo de validade e, em parte, estragado.

Os alimentos foram recolhidos de supermercados localizados nos bairros de Mangabeiras e Farol, que foram notificados e receberam todas as orientações necessárias para se adequar à legislação vigente. Quanto ao material apreendido, parte foi encaminhado para incineração no aterro sanitário do Benedito Bentes e a outra, doada para a alimentação dos jacarés do Parque Municipal, em Bebedouro.

“O trabalho da Vigilância de Maceió é contínuo para coibir as práticas irregulares que vão de encontro às normas sanitárias vigentes. Se são encontradas irregularidades – a exemplo do dia de hoje – ou condições inadequadas, os estabelecimentos são notificados e multados na forma da lei”, frisou o coordenador geral da Vigilância Municipal, Airton Santos, lembrando que, quando necessário, há ainda a interdição do local.

Airton Santos, coordenador da Vigilância Sanitária Municipal. Foto: Visa Maceió

Santos reforça que o principal objetivo da Vigilância nessas ações é resguardar a saúde dos maceioenses, principalmente para evitar infecções causadas pela ingestão de alimentos estragados e/ou contaminados, que podem causar vômitos, febre, diarréia e até evoluir para a casos mais graves.

Ação educativa

Além das fiscalizações aos estabelecimentos de comercialização de alimentos, a Vigilância também retomou, desde o último dia 3, as inspeções em serviços disponibilizados à população como hospitais, clínicas e laboratórios, assim como nos demais estabelecimentos de atividades passíveis de fiscalização.

Na próxima terça-feira (11), a Vigilância Sanitária de Maceió vai dar continuidade ainda aos cursos de boas práticas para os diversos segmentos. A primeira turma de 2022 será formada por uma equipe de panificações de Maceió. Já na quinta-feira (13), a capacitação será direcionada a funcionários das escolas municipais.

Fonte: www.alagoas24horas.com.br/1409789/450-kg-de-alimentos-irregulares-sao-apreendidos-durante-fiscalizacao-na-capital