Abel revela que os gols contra o Fla surgiram a partir da estratégia definida para a final

Pouco mais de um mês depois da conquista da Libertadores, Abel Ferreira comentou sobre aspectos da estratégia bolada para a final contra o . O treinador revelou que os jogadores do sabiam que o caminho para ter sucesso ofensivo passaria pelo lado em que o time construiu o primeiro gol, marcado por Raphael Veiga.

“Como iríamos atacar? Em cima do lado esquerdo do nosso adversário. Nós sabíamos que o Filipe Luis e o David Luiz tinham problemas físicos. Se vocês repararem, as movimentações do Rony foram sempre em direção a esses jogadores”, disse o português.

Na sequência, Abel comentou sobre o lance do segundo gol, anotado por Deyverson. De acordo com o técnico, os jogadores de frente sabiam exatamente quando pressionar o adversário.

“Foi fruto dele (Deyverson) acreditar. Nós temos um gatilho de pressão: no passe atrasado, nossa ideia coletiva é saltar para pressionar. Nós tínhamos estratégias bem definidas, tanto em pressões laterais quanto em passes atrasados”, afirmou o treinador.

Por fim, Abel garantiu que nem sequer precisou utilizar o tabu de dez partidas sem vitórias sobre o Flamengo como um fator de motivação no vestiário.

“O Palmeiras não ganhava há um bom tempo do Flamengo. Eu nunca usei isso, porque estava na lembrança dos jogadores. Nossa história está aqui e agora. Mais do que buscar fantasmas no passado, porque é no presente que fazemos história”, finalizou.

Abel seguirá como treinador do Palmeiras na próxima temporada, como confirmou Leila Pereira em sua primeira coletiva como presidente do Verdão. O contrato do português com o clube é válido até o final de 2022.

Fonte: www.gazetaesportiva.com/times/palmeiras/abel-revela-que-os-gols-contra-o-fla-surgiram-a-partir-da-estrategia-definida-para-a-final