Clara Aguilar diz que não é fácil ser cam girl: ‘Não é só tirar a roupa’

A ex-BBB Clara Aguilar diz que “nunca ganhou tanto dinheiro” como cam girl quanto em 2020. No entanto, ela diz que o trabalho, que consiste em fazer shows eróticos pela internet, não é fácil, uma vez que demanda envolvimento emocional.

“Nada vem fácil na vida. As pessoas podem julgar [e dizer], ‘é muito fácil para a Clara ganhar dinheiro. É só tirar a roupa’. Meu trampo pode ser considerado fácil, mas vocês não sabem o quão complicado é lidar com pessoas, lidar com a emoção das pessoas”, disse.

Relacionadas

imagem06-11-2020-14-11-18 imagem06-11-2020-14-11-19 imagem06-11-2020-14-11-20

“Eu sou muita esponja. Pego a energia de todo mundo com quem converso o dia inteiro”, explicou a participante do BBB 14.

Clara diz que começar a divulgar seu trabalho no Instagram, onde costumava postar só coisas pessoais, a ajudou a ganhar visibilidade.

“O ano de 2020 foi provavelmente aquele em que mais ganhei dinheiro. Todo esse dinheiro que estou ganhando não tem como deixar minha cabeça totalmente zen. Então, haja terapia. Ela me ajuda bastante”, disse.

Clara disse, recentemente, que o ponto mais negativo de ser cam girl é ser julgada. “[A pior parte de ser cam girl é] ser julgada igual a uma FDP por macho hipócrita que acha um absurdo o que eu faço, porém enche a mulher de chifre. E por mulher hipócrita que também adora ser p*** mas não tem coragem de bancar suas vontades”, disse em papo com seguidores no Instagram.

Em participação no “Conversa com Bial”, Clara afirmou que chegou a ganhar R$ 101 mil em um mês de trabalho como cam girl.

Fonte: tvefamosos.uol.com.br/noticias/redacao/2020/11/06/clara-aguilar-nega-que-ser-cam-girl-seja-facil-nao-e-so-tirar-a-roupa.htm