Big Data Rio: Cláudio Castro abre vantagem contra Marcelo Freixo

São Paulo – Pesquisa  divulgada nesta quarta-feira (27) mostra que o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), lidera a disputa pela reeleição, com 31% das intenções de voto. Em segundo, o deputado federal Marcelo Freixo (PSB) aparece com 24%. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Na sequência, aparece o ex-prefeito de Niterói Rodrigo Neves (PDT), com 9%. Paulo Ganime (Novo), Cyro Garcia (PSTU) e Emir Larangeira (PMB) têm 1% cada. Eduardo Serra (PCB) não pontuou. Os que pretendem votar nulo ou em branco no estado somam 14%. Não sabem ou não responderam 19% dos entrevistados.

O ampliou a vantagem sobre , na comparação com a pesquisa Big Data no mês passado, quando apareciam empatados tecnicamente. Na ocasião, Castro tinha 26%, ante 23% de Freixo. De lá para cá, Felipe Santa Cruz (PSD), que aparecia com 1%, retirou sua candidatura ao Palácio das Laranjeiras, para ser vice na chapa de Rodrigo Neves. O pedetista, no entanto, caiu um ponto, em vez de somar os votos do companheiro de chapa.

Segundo turno

Cláudio Castro também ampliou a diferença para Freixo num eventual segundo turno. De acordo com o levantamento, o governador marcaria 40%, contra 31% do candidato pessebista. Brancos e nulos somam 21%. Outros 8% não responderam. No levantamento anterior, Castro tinha 37%, contra 30% de Freixo.

Contra Neves, o atual governador venceria na segunda volta, por 42% a 27%. Nesse cenário, os brancos e nulos sobem para 23%, enquanto os que não responderam permanecem em 8%. Por outro lado, Freixo venceria Neves, por 34% a 31%, num eventual segundo turno. Nesse cenário, 24% disseram votar em branco ou nulo, 11% não responderam.

A pesquisa também consultou a preferência do eleitorado fluminense na disputa pelo Senado. (PSB) lidera com 17%, empatado tecnicamente com Romário (PL), com 16%. Na sequência, vêm Marcelo Crivella (Republicanos), com 12%; Daniel Silveira (PTB), com 9%; André Ceciliano (PT), com 5%. Clarissa Garotinho (União Brasil), com 4%, Washington Reis (MDB), com 2%, e Luciana Boiteux (Psol), com 1%. Ivanir dos Santos (PDT) e Marcelo Itagiba (Avante) não pontuaram. Brancos e nulos somam 13%, e outros 21% não responderam.

O levantamento, a pedido da Record TV, ouviu 1.500 eleitores fluminenses por telefone entre segunda e terça (25 e 26). O índice de confiança da pesquisa, segundo o instituto, é de 95%. O registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é RJ-07420/2022.

Fonte: www.redebrasilatual.com.br/politica/2022/07/pesquisa-big-data-mostra-crescimento-de-castro-contra-freixo-no-rio