“Bolsonaro não poupa nem as crianças”, afirma Luciana Santos – Hora do Povo

Presidenta do PCdoB e vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos. Foto: Divulgação – PCdoB

A presidenta nacional do PCdoB e vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos, disse que Jair Bolsonaro desdenhou, com “crueldade e desrespeito”, a morte de mais de 300 crianças no Brasil para sabotar a vacinação contra o coronavírus.

“Inimigo da ciência e da vida, Bolsonaro não poupa nem as crianças”, afirmou Luciana.

Ela fez a crítica depois que Bolsonaro falou que não sabe de nenhum caso de criança entre 5 e 11 anos que morreu de Covid-19. Os dados oficiais mostram que foram 308 mortes de crianças.

Entre as pessoas com menos de 19 anos, foram mais de 2,5 mil mortes.

“Eu pergunto: você tem conhecimento de uma criança de 5 a 11 anos que tenha morrido de Covid? Eu não tenho”, falou em live. Bolsonaro também repetiu que não vai vacinar sua filha, Laura, que tem 11 anos.

Inimigo da ciência e da vida, Bolsonaro n poupa nem as crianças. Como pode o presidente desdenhar da morte de 308 crianças? É mta crueldade e desrespeito com quem perdeu um filho ou filha. Bolsonaro é q é "tarado" pela morte!Nós, q amamos a vida, queremos para crianças!

— Luciana Santos (@lucianasantos)

“Como pode o presidente desdenhar da morte de 308 crianças? É muita crueldade e desrespeito com quem perdeu um filho ou filha”, disse Luciana Santos.

“Bolsonaro é ‘tarado’ pela morte! Nós, que amamos a vida, queremos #VacinaJá para as crianças”, acrescentou a presidente do PCdoB.

A vacinação com Pfizer das crianças que têm entre 5 e 11 anos já foi autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que é o órgão responsável por dar o aval.

Mesmo com a autorização da Anvisa, o governo Bolsonaro tem preferido sabotar a vacinação das crianças.

Ele chegou a abrir uma consulta pública na internet para tentar evitar ouvir as orientações dos cientistas, mas até a consulta deu resultado positivo para a vacinação de crianças.

Fonte: horadopovo.com.br/bolsonaro-nao-poupa-nem-as-criancas-afirma-luciana-santos