Morre segundo caminhoneiro baleado em Balsas após golpe na internet

Na quinta-feira (18), morreu o segundo caminhoneiro que foi baleado em frente à Delegacia Regional da Polícia Civil de Balsas. A vítima foi identificada como Carlos Ribeiro, seu irmão, Valdir Ribeiro, também foi a óbito na segunda-feira (15), após ser transferido para a UTI de um hospital no município de Barreirinhas.

Leia também:

O caminhoneiro estava em estado grave e teve sua morte confirmada na manhã de ontem, pela Polícia Civil.

O homem que realizou os disparos contra os dois irmãos, se entregou à polícia na última segunda-feira (15), e foi preso em cumprimento ao mandado de prisão preventiva.

No dia 09 de fevereiro, dois caminhoneiros foram baleados em frente a Delegacia Regional da Polícia Civil de Balsas, a 800 Km de São Luís. Tanto as vítimas dos tiros, dois irmãos que moram em Palmas/TO, quanto o atirador foram vítimas de um anúncio clonado na OLX.

Os irmãos tentavam vender um caminhão no site da OLX pelo valor de R$ 130 mil, porém o anúncio deles foi clonado por um estelionatário do estado de São Paulo. O comprador do Caminhão, morador de Balsas, entrou em contato e realizou o pagamento, pensando que estava falando com os verdadeiros proprietários, mas estava no anúncio clonado.

Após realizar o pagamento e não receber o caminhão, o comprador entrou em contato com os irmãos e os dois foram a Balsas tentar resolver a situação e entender o que aconteceu. Ao chegar na cidade, os dois irmãos proprietários do caminhão e o comprador foram até a delegacia pra registrar um boletim de ocorrência sobre o caso. Entretanto, na saída da delegacia, o irmão do comprador, iniciou uma discussão com os caminhoneiros que terminou com a efetuação dos disparos.

A OLX se posicionou a favor das autoridades para colaborar na apuração dos fatos. A plataforma também reiterou que sempre recomenda que todas as negociações sejam realizadas dentro dela, pois a partir do momento em que as negociações acontecem via outros aplicativos, como o whatsapp, a conversa não pode ser monitorada.

NOTA DA OLX:

A OLX lamenta o ocorrido e reforça que está à disposição das autoridades para colaborar na apuração dos fatos.

Fonte: oimparcial.com.br/policia/2021/02/morre-segundo-caminhoneiro-baleado-em-balsas-apos-golpe-na-internet