Ferramentas de gestão de projetos: veja seis opções grátis

Ferramentas de gestão de projetos e fluxos como Trello, Asana e Monday.com permitem organizar equipes de forma a aumentar a produtividade e o controle sobre o avanço de cada profissional ou grupo responsável por uma tarefa. A partir de recursos dinâmicos, essas plataformas facilitam a aplicação de metodologias ágeis, como scrum e kanban.

O TechTudo separou seis gerenciadores que oferecem tanto recursos mais simples, como o Trello, quanto ferramentas mais completas, como o Jira. Vale lembrar que todos os exemplos seguem a modalidade freemium – são gratuitos em um formato mais limitado – e estão disponíveis via web e apps próprios para celulares Android e iPhone (iOS).

1 de 7 Ferramentas de gestão de projetos auxiliam na produtividade profissional de uma empresa; veja lista — Foto: Raissa Delphim/TechTudo

Ferramentas de gestão de projetos auxiliam na produtividade profissional de uma empresa; veja lista — Foto: Raissa Delphim/TechTudo

1. Trello

O Trello é uma plataforma de organização de equipes e gerenciamento de projetos com oferta de planos gratuitos, além de programas por assinatura para quem precisa de um nível maior de funcionalidades e integração. Utilizando a filosofia "kanban", a plataforma organiza equipes por meio de quadros que possibilitam a criação de cartões com tarefas destinadas aos responsáveis encarregados de realizar funções.

2 de 7 Trello está entre as ferramentas mais populares para gestão de projetos online — Foto: Ana Letícia Loubak/TechTudo

Trello está entre as ferramentas mais populares para gestão de projetos online — Foto: Ana Letícia Loubak/TechTudo

Com versão completamente em português e disponível tanto na web como em apps próprios, o Trello tem assinaturas que começam em US$ 5 por mês (R$ 26, em conversão direta). O serviço permite integração com Slack, recursos de automatização de rotinas com bots e ganho de produtividade no uso dos power-ups. Além disso, o gerenciador de projetos envia notificações diretas por e-mail e funciona com sincronização em tempo real independente do dispositivo.

2. Asana

O Asana não difere muito do Trello no que diz respeito à aplicação: a ferramenta, para web e apps, é destinada a organizar equipes e projetos de forma a facilitar fluxos de trabalho. Ao contrário do Trello, em que tudo é organizado em boards, cards e listas de tarefas, o Asana é mais versátil porque tem modos de exibição dos fluxos alternativos, importantes para equipes em que a rotina do Trello pode não ser a mais indicada.

3 de 7 Asana: gerenciador de projetos oferece diferentes formas de visualização de tarefas — Foto: Divulgação/Asana

Asana: gerenciador de projetos oferece diferentes formas de visualização de tarefas — Foto: Divulgação/Asana

Capaz de mostrar projetos sob a forma de quadros, cronogramas, listas ou calendários, o Asana também disponibiliza templates prontos, para que grupos de trabalho não precisem demorar decifrando a ferramenta e possam aplicar soluções mais prontas para seus processos. A plataforma de gestão de projetos online está disponível em português, tanto em edição gratuita, mais simples, quanto nos planos pagos, que começam a US$ 10,99 ao mês (cerca de R$ 57,88).

3. ClickUp

O ClickUp é uma ferramenta de gerenciamento para equipes maiores que necessitam de uma plataforma mais completa e desenvolvida. Um dos grandes diferenciais do serviço é a oferta de uma visualização de escopo maior, com vistas como lista, quadro, calendário e timeline. O recurso permite acompanhar vários projetos de forma eficiente.

4 de 7 ClickUp: software para gerenciamento de projetos é ideal para equipes maiores — Foto: Divulgação/ClickUp

ClickUp: software para gerenciamento de projetos é ideal para equipes maiores — Foto: Divulgação/ClickUp

Outro trunfo da plataforma é o acompanhamento facilitado de sprints, como são chamadas as fases de desenvolvimento de um projeto, segundo a metodologia scrum. Assim como outros softwares da lista, o ClickUp tem plano gratuito com um nível mais baixo de recursos, acompanhado de opções pagas mensalmente partindo de US$ 9 ao mês (R$ 47,40) por cada membro da equipe com acesso à ferramenta.

4. Monday.com

O Monday difere um pouco de boa parte dos produtos da lista porque não é exatamente como um "kanban" típico – embora ofereça recursos e visualização parecidas. Descrito como um sistema operacional na nuvem, a ferramenta permite que equipes criem apps direcionados aos seus fluxos de trabalho para ganhar eficiência ao realizar tarefas e desenvolver grandes projetos.

5 de 7 Monday.com: gerenciador de projetos é usado para administrar tarefas diversas — Foto: João Pedro Voltarelli/TechTudo

Monday.com: gerenciador de projetos é usado para administrar tarefas diversas — Foto: João Pedro Voltarelli/TechTudo

O serviço tem um plano gratuito bem restrito – apenas vínculos entre dois usuários –, que custa a partir de R$ 45 ao mês. Com integração com Jira e Slack, além de outras ferramentas de produtividade, o Monday.com tende a ser utilizado em projetos de larga escala e, assim como Asana, oferece templates, além de perfis para setores como TI, vendas, marketing, RH etc.

5. Jira

Bastante usado em empresas de desenvolvimento de software, o Jira tem maior desenvoltura para acompanhar os fluxos de trabalho típicos da área, mas também pode ser adaptado para outros setores. Similaridades, integração e migração fácil do Trello para o Jira acontecem por ambos serem produtos da Atlassian.

6 de 7 Jira está entre as ferramentas de gerenciamento de projetos mais populares entre empresas de TI — Foto: Divulgação/Atlassian

Jira está entre as ferramentas de gerenciamento de projetos mais populares entre empresas de TI — Foto: Divulgação/Atlassian

Do ponto de vista prático, uma das grandes diferenças do Jira para o Trello é a oferta de visualização de relatórios de desempenho, além de insights úteis e em tempo real sobre o desempenho de uma equipe. Assim como o Trello, o Jira é um "kanban" com planos gratuitos e também pagos que começam a US$ 7 (R$ 36) ao mês.

6. Wrike

O Wrike é mais uma opção que se encaixa na classificação de ferramenta com "kanban", mas o software vai um pouco além. Na versão gratuita, o serviço possui organização de projetos por quadros e cartões, mas oferece também alguns modos de visualização e interação adicionais.

7 de 7 Wrike permite visualizar projetos por meio de gráficos Gantt — Foto: Divulgação/Wrike

Wrike permite visualizar projetos por meio de gráficos Gantt — Foto: Divulgação/Wrike

Desenvolvido para dar conta de equipes maiores, o Wrike permite visualizar grandes projetos por meio de listas e tabelas, além de também suportar gráficos Gantt, essenciais para acompanhar a evolução de tarefas que dependem umas das outras. O Wrike tem app para celulares e pode ser usado tanto gratuitamente quanto na modalidade por assinatura, que custa a partir de US$ 9,80 (R$ 51) ao mês.

Com informações de Atlassian (1 e 2), Asana, ClickUp, Cloudwards, NTaskManager, TechnologyAdvice e The Digital Merchant

Veja também: Windows 11: veja cinco destaques do novo sistema da Microsoft

Windows 11: veja cinco destaques do novo sistema da Microsoft

Fonte: www.techtudo.com.br/noticias/2021/09/ferramentas-de-gestao-de-projetos-veja-seis-opcoes-gratis.ghtml