Free Fire: Cruzeiro, Flamengo, Santos e RED estão na final da FFCS 2020

Cruzeiro eSports, Flamengo B4, Santos e-Sports e RED Kalunga encerraram o Play-in da Free Fire Continental Series (FFCS) 2020 nas quatro melhores colocações e estão classificados para a fase final do torneio. Durante o Play-in, ocorrido neste sábado (21), as equipes brasileiras se mostraram superiores em relação às equipes latino-americanas, conquistando quatro das seis quedas do dia e sempre se mantendo entre as cinco melhores posições da tabela. Black Dragons e Corinthians também lutaram até o final pela classificação, mas acabaram fora da FFCS 2020.

A final da Free Fire Continental Series 2020 acontece no próximo sábado (28) e vale o título da competição. Vale lembrar que a transmissão está sendo realizada nos canais oficiais da Garena no YouTube e na Booyah! Live. A seguir, você confere mais detalhes sobre o Play-in e a fase final da FFCS 2020.

1 de 5 Cruzeiro eSports terminou o Play-in isolado na liderança com 173 pontos — Foto: Reprodução/Free Fire – Brasil

Cruzeiro eSports terminou o Play-in isolado na liderança com 173 pontos — Foto: Reprodução/Free Fire – Brasil

A primeira queda, em Bermuda, foi dominada pelos brasileiros — a começar pela Black Dragons, que já logo no primeiro minuto pressionou a equipe da Top Hard e buscou o primeiro abate do dia. O Corinthians teve um desempenho bem abaixo do esperado e foi a única equipe brasileira entre as primeiras eliminadas. A restante seguiu até o final, derrubando as equipes latino-americanas e tornando o embate final verde e amarelo. No final, o Cruzeiro derrubou o Flamengo e conquistou o primeiro BOOYAH! do Play-in.

Saiba mais sobre Free Fire FFCS 2020: datas, times e como ver o Free Fire Continental Series ao vivo Como vincular a conta do Free Fire com o Google Free Fire: como conseguir skin Morcego Mortal de graça

Em Purgatório, as equipes latino-americanas demonstraram uma maior agressividade no mapa, enquanto as brasileiras optaram pela segurança e por aguardar o momento certo para agir. A agressividade funcionou apenas para a Naguara Team, que deu um enorme trabalho para os brasileiros na reta final de Purgatório. Black Dragons, que tinha a vantagem do posicionamento, acabou eliminada, e o Santos se aproveitou da confusão no final e sobreviveu para ficar com o BOOYAH!

2 de 5 Santos e-Sports conquistou seu BOOYAH! na segunda queda e abriu o caminho para a classificação — Foto: Divulgação/Garena Free Fire

Santos e-Sports conquistou seu BOOYAH! na segunda queda e abriu o caminho para a classificação — Foto: Divulgação/Garena Free Fire

A primeira parada em Kalahari foi bem mais estudada pelas equipes, com a maior parte das eliminações ocorrendo nos últimos momentos da queda. No final, melhor para a RED, que soube lidar bem com os jogadores do Corinthians vindo de um lado e outros da Wild Esports vindo de outro — se separou no momento certo e assegurou seu primeiro BOOYAH! do dia. Apesar de não garantir a vitória, o Corinthians, que estava na lanterna da tabela, saltou para a oitava colocação.

No retorno à Bermuda, o Cruzeiro voltou a dominar o mapa. Sem medo de errar e mantendo uma postura ofensiva, a equipe mineira atropelou os adversários que viram pela frente e tiveram total sucesso em suas investidas. No final, ela foi recompensada com seu segundo BOOYAH! em Bermuda e um total de 18 abates para se isolar na liderança e praticamente garantir sua vaga na fase principal da FFCS 2020.

3 de 5 Segundo BOOYAH! do Cruzeiro na FFCS 2020 teve número recorde de abates — Foto: Reprodução/Free Fire Brasil

Segundo BOOYAH! do Cruzeiro na FFCS 2020 teve número recorde de abates — Foto: Reprodução/Free Fire Brasil

Na penúltima queda do dia, as apostas continuavam indo para as equipes brasileiras, que seguiam dominando os confrontos em todos os mapas. No entanto, a equipe argentina da GOD Esports optou por jogar na segurança após sair com a vitória no confronto contra a God's Plan, e chegou à reta final da queda com a vantagem para surpreender os favoritos e conquistar seu primeiro BOOYAH!, o primeiro das equipes latino-americanas.

Por fim, em Kalahari, os confrontos entre as equipes se iniciaram rapidamente, com destaque para o Santos buscando dois abates para cima da Malvinas e a GOD Esports eliminando novamente a God's Plan. Muitas eliminações ocorreram em pouco tempo, e o BOOYAH! ficou sem definição nos confrontos finais. Então, a Naguara Team, outra equipe da Argentina, conseguiu o espaço para conquistar sua vitória. Mesmo assim, o Top 4 no final foi 100% brasileiro, por conta do número de abates de cada equipe.

4 de 5 Mesmo sem conquistar um único BOOYAH, Flamengo fica com a segunda colocação do Play-in — Foto: Divulgação/Garena Free Fire

Mesmo sem conquistar um único BOOYAH, Flamengo fica com a segunda colocação do Play-in — Foto: Divulgação/Garena Free Fire

  • Queda 1 (Bermuda): BOOYAH! do Cruzeiro eSports
  • Queda 2 (Purgatório): BOOYAH! do Santos e-Sports
  • Queda 3 (Kalahari): BOOYAH! da RED Canids
  • Queda 4 (Bermuda): BOOYAH! do Cruzeiro eSports
  • Queda 5 (Purgatório): BOOYAH! da GOD Esports
  • Queda 6 (Kalahari): BOOYAH! Naguara Team

FFCS 2020 – Classificação final do Play-in

Colocação Equipe Pontuação Vaga 1° Cruzeiro eSports 173 Final da FFCS 2020 2° Flamengo B4 132 Final da FFCS 2020 3° Santos e-Sports 130 Final da FFCS 2020 4° RED Kalunga 122 Final da FFCS 2020 5° Black Dragons 116 – 6° Naguara Team 107 – 7° GOD Esports 96 8° Corinthians 62 – 9° Wild Esports 61 – 10° Top Hard 53 – 11° God's Plan 40 – 12° Malvinas Gaming 32 – deslize para ver o conteúdo

Como mencionado, as quatro primeiras equipes se classificaram para a fase final da FFCS 2020. Elas se juntarão às equipes que ficaram com o Top 4 nas ligas de suas respectivas regiões, que são SS E-Sports, atual campeã da LBFF, Vivo Keyd, Team Liquid, paiN Gaming, Ignis Esports, Arctic Gaming, Team Aze e Savage Esports.

A final terá o mesmo formato do Play-in, com seis quedas e a mesma sequência de mapas, e acontece no próximo sábado (28) a partir das 14h (Horário Oficial de Brasília). Vale lembrar que a premiação total da competição é de US$ 300 mil (cerca de R$ 1,6 milhão), que serão distribuídos entre todas as equipes presentes na final.

5 de 5 SS E-Sports, atual campeã da LBFF, é uma das favoritas ao título — Foto: Divulgação/Garena Free Fire

SS E-Sports, atual campeã da LBFF, é uma das favoritas ao título — Foto: Divulgação/Garena Free Fire

Via ffesports e Liquipedia

Melhores do Ano 2020: conheça os vencedores de cada categoria

Melhores do Ano 2020: conheça os vencedores de cada categoria

Fonte: www.techtudo.com.br/noticias/2020/11/free-fire-cruzeiro-flamengo-santos-e-red-estao-na-final-da-ffcs-2020-esports.ghtml