Jogos

Ethan Must Die de Resident Evil 7, New Game++++++ de Dark Souls, Nightmare em Doom e Grounded de The Last of Us são modos de dificuldade elevada para jogadores em busca de desafios maiores. Esses níveis têm inimigos poderosos e agressivos, menos recursos e até mesmo morte permanente. Além disso, costumam ter armadilhas para pegar jogadores distraídos com dificuldade além do "nível hard".

Em games exigentes como Dark Souls e Ninja Gaiden 2, o desafio é ainda maior e o jogo se torna ainda mais complicado de avançar. O TechTudo listou dez modos que desafiam as habilidades dos players e aparecem em alguns desses games.

Battlefield 6: veja rumores e informações já reveladas sobre o lançamento

1 de 11 Lista traz dez jogos com modos de dificuldade insanos; Bioshock Infinite está entre eles — Foto: Divulgação/2K Games

Lista traz dez jogos com modos de dificuldade insanos; Bioshock Infinite está entre eles — Foto: Divulgação/2K Games

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Resident Evil 7 – Ethan Must Die

2 de 11 Resident Evil 7 tem modo especial com uma fração do jogo em nível desafiador — Foto: Divulgação/Capcom

Resident Evil 7 tem modo especial com uma fração do jogo em nível desafiador — Foto: Divulgação/Capcom

Ethan Must Die é um modo especial de Resident Evil 7 que aumenta consideravelmente a dificuldade do jogo. Nele, o jogador precisa percorrer os corredores da Old House modificada, com inúmeras armadilhas e um inventário de 12 slots livres, o Codex Watch e apenas uma faca. Não é possível ter acesso aos checkpoints e quando o jogador morre – algo que vai ocorrer com frequência –, ele volta ao começo e precisa fazer tudo de novo.

Inimigos são mais agressivos e provocam mais dano nesse modo, inclusive com capacidade de matar o jogador com apenas um golpe. Há a possibilidade do surgimento de baús aleatórios com itens pelo mapa, mas existe também o risco de que as caixas estejam preparadas com armadilhas. Caso sobreviva ao percurso, o jogador precisa ainda dar conta de eliminar Marguerite Baker depois de sua mutação para terminar Ethan Must Die.

2. Dark Souls: New Game++++++

3 de 11 The Nameless King já é difícil no "normal" do jogo, imagina no New Game++++++ — Foto: Divulgação/From Software

The Nameless King já é difícil no "normal" do jogo, imagina no New Game++++++ — Foto: Divulgação/From Software

Dark Souls já é um jogo difícil e que exige altas doses de paciência e persistência, mas as coisas ficam ainda piores no modo New Game+ do sucesso da From Software. Mas, diferente de outros games, o modo é acumulativo e aumenta a dificuldade a cada jogada: você termina Dark Souls, joga New Game+ e então encara o New Game++ e assim sucessivamente, até chegar ao limite da insanidade em New Game++++++.

Cada interação do New Game+ aumenta o nível de dificuldade com ajustes gerais – e severos – no nível de vida de cada inimigo. Existem variações no quanto dano os inimigos impõem ao jogador, mas também no comportamento de chefões, que podem ficar mais agressivos no combate. Os jogos da série Dark Souls são famosos pela falta de um modo fácil, mas quem termina Dark Souls no New Game++++++ pode argumentar que qualquer pessoa que completou o jogo abaixo disso o fez jogando no “easy”.

3. Doom – Ultra Nightmare

4 de 11 Ultra Nightmare é o modo difícil de Doom para quem trm saudades do original — Foto: Reprodução/Geeky Gadgets

Ultra Nightmare é o modo difícil de Doom para quem trm saudades do original — Foto: Reprodução/Geeky Gadgets

Ultra Nightmare é o modo de dificuldade que os próprios desenvolvedores de Doom afirmaram serem incapazes de vencer. Com ele, Doom, um dos sucessos de 2016, tem tudo que um modo de alta dificuldade precisa: inimigos mais fortes e agressivos, maior quantidade deles na tela e necessidade do jogador gerenciar seu inventário com a maior eficiência possível.

No entanto, o jogo fica ainda mais difícil: o modo impõe o permadeath, ou seja, a morte permanente. Não tem checkpoint, vidas e, para tentar novamente, será preciso ter que voltar ao começo e fazer tudo de novo.

4. The Last of Us – Grounded

5 de 11 Grounded nos dois Last of Us exige caprichar na pontaria e cuidar para não sofrer danos — Foto: Divulgação/Playstation

Grounded nos dois Last of Us exige caprichar na pontaria e cuidar para não sofrer danos — Foto: Divulgação/Playstation

Presente no The Last Of Us 2 e na primeira edição do game, o modo Grounded é o de maior dificuldade da franquia. Nele, inimigos são mais fortes e agressivos, mas o que realmente complica as coisas é a escassez de itens: a ideia é dar ao jogador uma experiência mais realista de sobrevivência num mundo pós-apocalíptico em que encontrar uma arma perdida no chão ou uma caixa de balas, bem quando você precisa delas, é algo raríssimo.

Em Grounded, é necessário ter uma mira precisa para não desperdiçar munição, mas também proteger o personagem, já que itens para medkits e curativos também são raros. Além de aumentar a tensão, esse modo remove a superaudição de Joel, Ellie e Abby para que você não possa efetivamente enxergar através das paredes para saber onde estão os inimigos e os clickers.

5. Guitar Hero 3 Legends of Rock – Expert

6 de 11 Jogar Guitar Hero 3 no Expert é tarefa para poucos — Foto: Divulgação/Activision

Jogar Guitar Hero 3 no Expert é tarefa para poucos — Foto: Divulgação/Activision

Em Guitar Hero, todo mundo pode ser um guitarrista e mandar bem em sucessos do rock, basta acertar a combinação de botões que aparece na tela. A facilidade, no entanto, desaparece completamente no modo Expert, disponível em Legends of Rock. Nele não há espaço para erros, já que as notas na tela correm em velocidade alta, o que exige memorização, agilidade, reflexos e precisão para não perder nenhum toque.

Músicas como The Devil Went Down to Georgia e sucessos do Metallica são famosos por provocar muita irritação e controles atirados na parede. Para quem achar que o Expert nem é tudo isso, Guitar Hero 3 conta ainda com um modo de precisão que reduz a janela para detecção de cada toque no controle ou guitarra, o que níveis absurdos de memória muscular nas músicas mais rápidas.

Saiba mais Resident Evil: dez personagens assustadores dos jogos de terror Preço do Xbox One compensa em 2021? 6 coisas para saber antes de comprar

6. Ninja Gaiden 2 – Master Ninja

7 de 11 Ninja Gaiden 2 em Master Ninja é uma versão muito mais difícil de um game já desafiador — Foto: Divulgação/EB Games)

Ninja Gaiden 2 em Master Ninja é uma versão muito mais difícil de um game já desafiador — Foto: Divulgação/EB Games)

Master Ninja é o modo mais difícil de Ninja Gaiden 2, game que a exemplo de Dark Souls, já é bem difícil por natureza. O jogo tem uma pegada que remete a antigos arcades da década de 1980 e depende de muita precisão, memória muscular e sincronia perfeita não só para encaixar golpes, mas também para esquivas e bloqueios.

A grande diferença entre Master Ninja e os modos “fáceis” de Ninja Gaiden 2 está no volume de inimigos, que aumenta bastante – com direito a arqueiros longe do jogador e ainda assim com uma precisão assombrosa. Outro elemento que precisa ser considerado é que a versão original do jogo, lançada em 2008 para Xbox 360, sofre com desempenho instável. Em um título que exige tanta precisão, a persistência ou salto de frames do jogo pode ser a diferença entre vencer um confronto e retornar a um checkpoint.

7. XCOM Enemy Unknown – Impossible

8 de 11 XCOM no modo impossível é um grande desafio para fãs de games de estratégia — Foto: Divulgação/2K Games

XCOM no modo impossível é um grande desafio para fãs de games de estratégia — Foto: Divulgação/2K Games

XCOM Enemy Unknown é um jogo de estratégia por turnos e, como é comum no gênero, recompensa jogadores que pensam antes de decidir e avaliam corretamente as ramificações de cada lance, inclusive para se preparar para surpresas que podem ser criadas pela IA do jogo. O guia de estratégias para o game pondera que, a rigor, o modo em si é fácil, assim que o jogador sobrevive aos primeiros meses contra a infiltração alienígena retratada na história e possui agentes bem equipados.

O problema é justamente sobreviver aos primeiros meses. Em Impossible, os inimigos são mais poderosos e exigem mais lances para serem derrotados. Além disso, eles aparecem em número maior pelos mapas, tendem a acertar mais tiros, enquanto seus agentes ficam muito mais imprecisos e podem ser eliminados com uma quantidade menor de ataques bem sucedidos.

8. Bioshock Infinite – 1999 mode

9 de 11 No modo 1999, Bioshock Infinite fica desafiador sobretudo nos chefões — Foto: Divulgação/2K

No modo 1999, Bioshock Infinite fica desafiador sobretudo nos chefões — Foto: Divulgação/2K

O modo 1999 de Bioshock Infinite é o de maior dificuldade no terceiro game da série. O principal diferencial desse modo é a diminuição na quantidade de recursos disponíveis pelo cenário, além de inimigos mais fortes e agressivos. Essas características se manifestam de forma ainda mais evidente em grandes batalhas em espaços mais abertos do jogo e quando é preciso confrontar os chefões.

Entre as estratégias recomendadas está investir pesado em armadura e em energia para aguentar mais nos momentos difíceis. Vigores que tomam controle de inimigos e máquinas são grandes aliados, assim como recorrer aos poderes de Elizabeth para ganhar um pouco mais de energia ou mesmo munição – sem contar as rupturas usadas pela personagem para favorecer o jogador numa batalha.

9. The Evil Within – Akumu

10 de 11 Jogador é derrotado com apenas um golpe no modo Akumu — Foto: Divulgação/Bethesda

Jogador é derrotado com apenas um golpe no modo Akumu — Foto: Divulgação/Bethesda

“Akumu” é japonês para “pesadelo” e reflete bem o que The Evil Within oferece ao jogador que decidir encarar esse modo. Em Akumu, você ganha todo o combo comum em modos de dificuldade acentuada: inimigos em maior quantidade, mais poderosos, rápidos e com mais energia, e até novas armadilhas espalhadas pelo mapa para pegar desprevenido mesmo quem memorizou os cenários após terminar nas dificuldades mais baixas.

Mas existe um detalhe que torna tudo mais insano: nesse modo, apenas um golpe derruba o jogador. Tudo isso, claro, com muito menos munição sobrando e recursos escassos pelo cenário, o que torna a empreitada de terminar The Evil Within no modo Akumu uma tarefa para poucos.

10. Dead Space 3 – Hardcore

11 de 11 Dead Space 3 requer persistência e pontaria precisa do jogador — Foto: Divulgação/EA

Dead Space 3 requer persistência e pontaria precisa do jogador — Foto: Divulgação/EA

Qualquer um dos jogos da trilogia oferecem o chamado modo hardcore de dificuldade, mas cada game tem sua interpretação. Embora todas sejam difíceis e representem um desafio à parte para fãs da série, a versão presente em Dead Space 3 chama atenção: ela permite salvar quantas vezes quiser, mas o jogador só pode morrer uma. Algo que, no fundo, é até melhor que Dead Space 2 em que era possível salvar três vezes apenas ao longo da campanha – e sem nenhum checkpoint disponível.

Em jogabilidade, os necromorphs do jogo ficam mais poderosos e agressivos, além de terem maior capacidade de impor danos ao jogador. Há uma menor quantidade itens e recursos disponíveis, o que impõem um nível maior de controle de recursos para não ficar sem munição ou maneiras de recuperar a energia.

Com informações de GamesRadar e Gaming Bolt

Quem fez o jogo Free Fire? Tire essas e outras dúvidas no Fórum do TechTudo

Cinco games amados pelos fãs, mas que ficaram sem suas continuações

Fonte: www.techtudo.com.br/noticias/2021/05/conheca-dez-jogos-com-modos-de-dificuldade-insanos-e-frustrantes.ghtml