Twitch bane por pintura corporal e mais; veja as maiores polêmicas do ano

A Twitch TV, plataforma de streaming disponível na web e para celular Android e iPhone (iOS), tornou-se o ponto de encontro virtual de muitas pessoas em 2020. O portal alcançou o recorde de 1,7 bilhão de horas assistidas neste ano, de acordo com o site Arsenal.gg. Com a maior presença de criadores de conteúdo e espectadores, o número de bans também aumentou — alguns, inclusive, foram controversos e misteriosos, como o caso do streamer Dr. Disrespect, que segue sem explicação. A seguir, veja as cinco maiores polêmicas da Twitch TV em 2020.

Jogador de LoL é surpreendido com terremoto durante live na Twitch; veja

1 de 5 Forkgirl, streamer da Twitch, chegou a ter sua conta suspensa por tempo indeterminado da plataforma — Foto: Reprodução/Twitter

Forkgirl, streamer da Twitch, chegou a ter sua conta suspensa por tempo indeterminado da plataforma — Foto: Reprodução/Twitter

Um dos temas polêmicos do ano foi a pintura corporal ao vivo. Streamers do segmento enfrentaram problemas com suspensões, a exemplo da canadense MizzyRose e da norte-americana Forkgirl. Em abril, a Twitch decidiu revisar os tópicos de nudez e vestuário das Diretrizes da Comunidade. Foram adicionadas diversas exceções e requisitos para acomodar situações como pintura corporal e cosplays.

Quer comprar jogos, consoles e PC's com desconto? Conheça o Compare TechTudo

2 de 5 Entre todos os bans aplicados pela Twitch, o ban de Dr DisRespect é um dos mais misteriosos — Foto: Reprodução/Twitch

Entre todos os bans aplicados pela Twitch, o ban de Dr DisRespect é um dos mais misteriosos — Foto: Reprodução/Twitch

Uma das surpresas de 2020 aconteceu em junho, quando Guy “Dr DisRespect” Beahm foi banido da Twitch. A punição segue até a data atual sem um motivo oficial, visto que a Twitch não costuma comentar os bans aplicados, mas não faltaram teorias nas redes sociais. Uma delas afirma que Doc, Michael "shroud' Grzesiek e Tyler "Ninja" Blevins se uniriam para lançar uma nova plataforma de streaming — o que não se confirmou. Desde então, Doc tem feito lives e produzido vídeos em seu canal oficial do YouTube.

3 de 5 Dono do popular emote BlessRNG, o australiano Brad Jolly foi banido da Twitch após acusações de assédio sexual — Foto: Reprodução/Twitter BlessRNG

Dono do popular emote BlessRNG, o australiano Brad Jolly foi banido da Twitch após acusações de assédio sexual — Foto: Reprodução/Twitter BlessRNG

Ainda em junho, a Twitch iniciou uma investigação após várias mulheres acusarem Lono "SayNoToRage', popular streamer de Destiny 2, de assédio sexual. Com isso, muitos streamers foram banidos da plataforma, e até mesmo emotes foram removidos. Um dos principais casos foi o australiano Brad "BlessRNG" Jolly: por meio de seu Twitter, ele admitiu a culpa das acusações das quais foi alvo. Como resultado, além de ter sido banido da Twitch, o popular emote global BlessRNG foi excluído da plataforma.

Twitch TV vai banir termos como ‘virgem’ para combater assédio em lives Article Photo O que é ‘rerun’ na Twitch TV? Entenda significado e toda a polêmica Article Photo

4 de 5 O DMCA e a Twitch vivem momentos controversos em 2020 — Foto: Reprodução/TheGamer

O DMCA e a Twitch vivem momentos controversos em 2020 — Foto: Reprodução/TheGamer

Em 2020, um grande fantasma para a Twitch foram os direitos autorais, transformando o Digital Millenium Copyright Act (DMCA) na "sigla da discórdia". Representantes de gravadoras começaram a enviar notificações para Twitch devido ao uso de músicas protegidas por direitos autorais em streams. Como resultado, VODs e clipes foram deletados e streamers foram banidos ou suspensos da plataforma. Ainda longe de ter uma solução, o tema gerou algo inusitado. Segundo rumores, Herman Li, guitarrista da banda de heavy metal DragonForce, teria sido suspenso em outubro por tocar as músicas da própria banda.

5 de 5 Player do time feminino da Valorant da INTZ, a brasileira Tayhuhu teve ban revertido após comoção da comunidade — Foto: Divulgação/INTZ

Player do time feminino da Valorant da INTZ, a brasileira Tayhuhu teve ban revertido após comoção da comunidade — Foto: Divulgação/INTZ

A brasileira Taynah "Tayhuhu" Yukimi foi banida da Twitch em dezembro. Jogadora do time feminino de Valorant da INTZ, Tay se afastou da transmissão para receber uma entrega do iFood. Enquanto preparava os pratos dela e da filha, a criança de três anos interagiu com a live, levando ao ban definitivo da plataforma. O caso gerou grande comoção da comunidade de esports, inclusive de nomes como Gabriel "FalleN" Toledo e o ex-caster de League of Legends (LoL) Gustavo "Melão". Após a repercussão e onda de críticas, a Twitch reverteu o ban, mantendo o protocolo de não comentar o caso.

Via GameRant, GameRant, SportingNews, Sportskeeda, Screen Rant, Polygon, Twitch, Dexerto, Twitter, Dexerto e a.list

TechTudo completa 10 anos: veja o que mudou no mundo da tecnologia e jogos

TechTudo completa 10 anos: veja o que mudou no mundo da tecnologia e jogos

Fonte: www.techtudo.com.br/listas/2021/01/twitch-bane-por-pintura-corporal-e-mais-veja-as-maiores-polemicas-do-ano-esports.ghtml