Auxílio emergencial 2021: cadastro no Caixa Tem deve ser atualizado

A expectativa é de que quatro parcelas sejam liberadas entre os meses de março e junho de 2021. – Foto: Reprodução/Caixa Econômica Federal

O governo brasileiro pretende liberar novas parcelas do auxílio emergencial durante o primeiro semestre de 2021. Mesmo que a proposta ainda não tenha sido aprovada, todos os correntistas que têm direito ao benefício precisam atualizar seus cadastros pelo Caixa Tem. É provável que essas atualizações se tornem obrigatórias para que os repasses sejam futuramente transferidos.

Conforme apurações feitas pelo SBT News, o objetivo da Caixa Econômica Federal (CEF) é de evitar possíveis fraudes nos pagamentos das novas parcelas. Os beneficiários que não atualizarem seus cadastros, na primeira etapa, terão o direito de receber o auxílio emergencial 2021. Entretanto, a regra poderá mudar nos próximos meses e a atualização pode virar exigência para garantir o dinheiro.

De acordo com o SBT News, todos os cadastros poderão ser atualizados a partir desta sexta-feira (12/03). Alguns correntistas, por outro lado, já podem realizar o procedimento desde agora. A liberação está sendo efetuada de maneira escalonada, com base nos últimos dígitos dos CPFs dos beneficiários. Veja a relação de datas:

  • CPFs que terminam entre os dígitos 00 e 39: nesse caso, os cadastros já podem ser atualizados pelo Caixa Tem. Basta acessar o ícone “cliente top”, que está disponível no sistema da plataforma;
  • CPFs que terminam entre os dígitos 00 e 59: as atualizações foram liberadas nesta quarta-feira (10/03);
  • CPFs que terminam entre os dígitos 00 e 59: os cadastros poderão ser atualizados nesta quinta-feira (11/03);
  • Todos os beneficiários, independente dos últimos dígitos dos CPFs: a partir desta sexta-feira (12/03).

A Caixa Econômica Federal (CEF) explicou que todos os procedimentos poderão ser feitos pelo celular. Assim, os correntistas não terão a necessidade de comparecer nas agências bancárias. Veja como atualizar o cadastro no Caixa Tem:

  • Acesse o aplicativo em seu celular. Ele está disponível para dispositivos móveis com versão para Android e iOS;
  • Toque na opção “Atualize Seu Cadastro”;
  • Siga as instruções do app;
  • Envie a documentação solicitada;
  • Finalize a atualização do cadastro. 

Ao que tudo indica, um banner deverá aparecer no sistema do Caixa Tem. Ele deverá informar o passo a passo de como atualizar o cadastro pelo aplicativo. 

Para evitar fraudes, a instituição bancária deverá pedir os seguintes itens pelo aplicativo Caixa Tem:

  • Foto do documento pessoal (RG ou Carteira Nacional de Habilitação);
  • Comprovante de residência; e
  • Foto do beneficiário segurando o próprio documento de identidade.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, informou que as novas parcelas do auxílio emergencial terão valores médios de R$ 250. Entretanto, os pagamentos podem ser maiores para as mulheres chefes de família (R$ 375) e menores para quem more sozinho (R$ 175). A expectativa é de que ocorram quatro pagamentos entre os meses de março e junho de 2021.

“Esse é um valor médio [R$ 250], porque, se for uma família monoparental, dirigida por uma mulher, aí já é R$ 375. Se tiver um homem sozinho, já é R$ 175. Se for o casal, os dois, ai já são R$ 250. Isso é o Ministério da Cidadania, nós só fornecemos os parâmetros básicos, mas a decisão da amplitude é com o Ministério da Cidadania”, explicou Guedes na última segunda-feira (08/03).

Dessa maneira, os valores do auxílio emergencial deverão variar conforme as composições familiares dos beneficiários. É possível que os critérios básicos para o recebimento continuem os mesmos. Ou seja, poderão ter direito aquelas famílias com renda per capita de até meio salário mínimo e ganhos totais de até três salários mínimos.

Bruno DestéfanoRedatorNasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência – Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Fonte: www.concursosnobrasil.com.br/noticias/auxilio-emergencial-2021-cadastro-no-caixa-tem-deve-ser-atualizado.html