Atraso no auxílio de cultura de São Luís

Na sessão ordinária dessa terça-feira (24), o Coletivo Nós (PT), por meio do co-vereador Jhonatan Soares, usou o Pequeno Expediente para manifestar indignação e se pronunciar sobre o atraso no pagamento do auxílio emergencial de cultura aos grupos culturais do município. No início do pronunciamento, o parlamentar leu para o plenário uma nota, feita por vários grupos culturais de São João da capital, que solicita à gestão municipal esclarecimentos a respeito do atraso no pagamento do auxílio.

No discurso, Jhonatan Soares expressou indignação ao destacar que o pagamento ainda não foi realizado, 31 dias após a data divulgada para o depósito dos valores. O parlamentar também apontou que, para aprovação da mensagem do prefeito Eduardo Braide (Podemos) relativa à concessão do auxílio, a Câmara de São Luís abriu mão de alguns protocolos para dar celeridade ao processo, visto que o auxílio tinha um caráter emergencial.

“Esse atraso é a prova que a Secretaria de Cultura não tem dialogado com a população que faz cultura na nossa cidade. Se a Câmara abriu mão de burocracias para dar celeridade ao pagamento do auxílio, por que a Secretaria de Cultura não pode fazer o mesmo?”, perguntou.

Ao final do pronunciamento, Jhonatan Soares relembrou que se inicia nesta terça-feira a Conferência Municipal de Assistência Social de São Luís, levantando uma crítica de que o evento não recebeu a divulgação necessária.

Fonte: oimparcial.com.br/noticias/2021/08/atraso-no-auxilio-de-cultura-de-sao-luis