Blitz reforça a importância da exigência da Guia de Trânsito Interna de Vegetais (GTIV) – Governo do Estado do Ceará

Blitz reforça a importância da exigência da Guia de Trânsito Interna de Vegetais (GTIV)

-Texto

A Agência de Defesa Agropecuária do Ceará (Adagri), vinculada a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Econômico (Sedet) vem realizando ações em todo o Ceará que reforçam junto aos transportadores a importância da Guia de Trânsito Interna de Vegetais (GTIV), atualmente sendo exigida para o trânsito da cultura da banana. Na quarta-feira (17), fiscais agropecuários dos Núcleos Locais da Adagri (NL), nos municípios de Brejo Santo e Mauriti, realizaram blitz na CE-293, principal via de acesso a Ceasa Cariri, com esse objetivo.

Durante a ação na CE-293, foi interceptada uma carga de bananas, oriunda da Bahia, que circulava desacompanhada da Permissão de Trânsito de Vegetais (PTV), documento exigido pela Adagri, para ingresso de cargas oriundas de outros Estados, devido a condição de Áreas Livres da Sigatoka Negra e Molo da Bananeira.

“O Estado do Ceará é reconhecido como Área Livre de Sigatoka Negra e Moko da Bananeira e para manter esses status, a Adagri realiza inspeções fitossanitárias e fiscalizações de trânsito que são planejadas a partir da rastreabilidade do produto, que é o objetivo da exigência da GTIV”, explica a diretora de Prevenção da Adagri, Neiliane Sombra.

O coordenador do Programa de Trânsito de Vegetais e Partes de Vegetais da Adagri, Dimas Oliveira, também lembra que o documento só poderá ser emitido para Unidades de Produção já cadastradas na Agência. “O produtor que não for cadastrado deve procurar a Adagri portando documentos pessoais, comprovante de residência e de posse da terra ou solicitar pré-cadastro pela internet no site da Agência. Aqueles que já possuem cadastro precisam apenas atualizar o mesmo”, finaliza Dimas Oliveira.

Fonte: www.ceara.gov.br/2021/11/19/blitz-reforca-a-importancia-da-exigencia-da-guia-de-transito-interna-de-vegetais-gtiv