Caso Atakarejo: Polícia Civil conclui inquérito e indicia suspeitos de tráfico e seguranças de mercado por mortes de tio e sobrinho – Toda Bahia

Da Redação

A Polícia Civil concluiu o inquérito sobre o caso de Bruno e Yan Barros, tio e sobrinho assassinados após furtarem carne no supermercado Atakarejo, em Salvador.

Suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas no bairro Nordeste de Amaralina e seguranças da loja foram indiciados pelo crime.

A Polícia Civil informou que o inquérito, concluído pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), foi encaminhado para o Ministério Público. Os envolvidos foram indiciados por homicídio qualificado, omissão de socorro e ocultação de cadáver.

Na manhã desta quarta-feira (7), a polícia deflagrou a terceira fase da Operação Retomada para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão de outros suspeitos de envolvimento com o crime.

Nas fases anteriores, outras prisões foram efetuadas e também cumpridos mandados de busca e apreensão, um deles, na sede do supermercado, onde foram recolhidos livros de ocorrências administrativas, computadores e aparelhos celulares.

A terceira fase acontece após a chegada de laudos do Departamento de Polícia Técnica (DPT), por meio dos quais foram identificados novos integrantes, após análise do circuito de câmeras de segurança do supermercado.

Fonte: www.todabahia.com.br/caso-atakarejo-policia-civil-conclui-inquerito-e-indicia-suspeitos-de-trafico-e-segurancas-de-mercado-por-mortes-de-tio-e-sobrinho