Entregadores de app fazem buzinaço contra cliente acusado de golpe

Buzinaço ocorreu no bairro Aeroporto (Foto: reprodução/redes sociais)

Um grupo de entregadores de aplicativo realizou na noite desta quinta-feira, 10, um buzinaço no bairro Coroa do Meio, em Aracaju, especificamente, em frente ao condomínio onde reside um cliente acusado de aplicar golpes no serviço de delivery.

De acordo com Henrique Dantas, que é um dos representantes dos entregadores de aplicativo em Sergipe, nos últimos 15 dias, oito profissionais foram prejudicados pelo mesmo cliente. “Esse cliente faz pedidos, daí quando recebe a comida, informa ao aplicativo que não recebeu. Com isso, o entregador é bloqueado e não pode mais pegar corridas pelo aplicativo”, conta.

Ainda segundo o representante, os entregadores vão registrar uma queixa contra o cliente que vem aplicando esses golpes com frequência. “Além do buzinaço, eles também vão registrar uma queixa na Delegacia contra esse cliente. Infelizmente, nós não temos como argumentar porque o aplicativo simplesmente notifica o entregador e informa que ele tá impossibilitado de acessar a plataforma. Dos oito profissionais que foram vítimas desse golpe nos últimos dias, todos foram bloqueados definitivamente pelo aplicativo , ou seja, perderam a chance de trabalhar”, destaca.

Henrique conta que esse tipo de golpe é comum e que a categoria tenta uma solução. “As corridas têm sido nessa pandemia o sustento de muitas famílias. A maioria roda não porque ganha bem, mas porque são muitas corridas. Mas é comum que apareçam os clientes desonestos. Anteriormente, para solucionar a situação, nós pedimos a criação de um código, que seria informado pelo cliente no recebimento do pedido e encaminhado ao aplicativo pelo entregador. A empresa se comprometeu a fazer, mas não foi pra frente”, lamenta.

Nos últimos dias, os entregadores de aplicativo viraram notícia ao protestar contra o tratamento que estavam recebendo no Shopping Jardins.  Na publicação, um deles contou que além de não ser permitida a entrada com as mochilas de entrega, os entregadores são orientados a aguardar os pedidos na praça de alimentação em pé, pois o centro de compras proíbe que se sentem nas cadeiras. Na ocasião, o Shopping lamentou o ocorrido, apontou que houve um erro operacional e disse que estava analisando internamente as adaptações necessárias.

Por Verlane Estácio

 

 

Fonte: infonet.com.br/noticias/cidade/entregadores-de-app-fazem-buzinaco-contra-cliente-acusado-de-golpe