Leo Prates: “Sou contra Bolsonaro, mas não posso concordar que o combate se faça no mesmo nível que o dele”

Da Redação

O secretário de Saúde de Salvador, Léo Prates, criticou as cenas de aglomeração registradas nas manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro na manhã deste sábado na capital baiana.

Pelas redes sociais, Prates reiterou ser contra Bolsonaro, mas não concorda que o “combate se faça no mesmo nível que o dele”.

“Hoje foi um dos dias mais tristes da minha vida. Sou oposição a Bolsonaro, mas não posso concordar que o combate se faça no mesmo nível que o dele. Colocando vidas em jogo”, escreveu.

Hj é um dos dias mais tristes da minha vida. Me considero uma pessoa de centro, alguns dizem de centro esquerda, mas acima de tudo uma pessoa de princípios. Sou oposição a Bolsonaro, mas não posso concordar que o combate se faça no mesmo nível que o dele. Colocando vidas em jogo!

— Leo Prates (@LeonardoPrates4) May 29, 2021

O secretário classificou as cenas de aglomeração como lamentáveis. “Igualam adversários e trazem sério riscos à saúde coletiva! Vamos torcer para que a 15 dias a partir de hoje não tenhamos leitos lotados por essa atitude”, concluiu.

Lamentáveis as cenas de aglomeração de hoje! Igualam adversários e trazem sério riscos à saúde coletiva! Vamos torcer para que a 15 dias a partir de hoje não tenhamos leitos lotados por essa atitude!

— Leo Prates (@LeonardoPrates4) May 29, 2021

Fonte: www.todabahia.com.br/leo-prates-sou-contra-bolsonaro-mas-nao-posso-concordar-que-o-combate-se-faca-no-mesmo-nivel-que-o-dele