Novo post criado em 08 de May de 2021 as 03:38:36

A Prefeitura de Parnamirim, através da Secretaria Municipal de Saúde (Sesad), informa que a vacinação das pessoas com comorbidades passará a ser realizada apenas após cadastro dos interessados, ou a complementação do autocadastro que já foi realizado no RN Mais Vacina, com a inserção dos documentos comprobatórios atestando a condição de comorbidade.

Ainda de acordo com a Sesad, no dia da vacinação será necessário levar a documentação também em mãos apenas a título de conferência, não sendo mais necessários que esses documentos fiquem retidos.

As documentações exigidas para a comprovação da comorbidade, são o laudo médico contendo a descrição da comorbidade com CID, especificando o tipo de medicamento o qual o paciente faz uso e CRM médico com validade de 6 meses, mais o exame médico. Em relação aos usuários acompanhados pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS), estes poderão ser vacinados utilizando-se dos prontuários dos mesmos. O município está seguindo recomendação do Ministério Público Estadual (MPE), que orientou medidas para tornar o processo mais transparente.

Confira no link as comorbidades, documentação necessária, faixa etária e locais de vacinação que atendem ao grupo.

Fonte: agorarn.com.br/ultimas/prefeitura-de-parnamirim-publica-orientacoes-sobre-documentos-para-comprovar-comorbidades