Operação policial termina com quatro suspeitos presos e dois mortos

A ação foi realizada pelas Polícias Civil e Militar e contou com o apoio de mais de 100 policiais (Foto: SSP/SE)

As Polícias Civil e Militar deflagraram nesta quinta-feira, 22, no município de Poço Verde, localizado no Sertão Sergipano, a operação Poço Limpo e dissolveram uma organização criminosa envolvida com tráfico de drogas, homicídio, furtos e roubos na região. Durante a ação, foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão e três de prisão e realizadas quatro detenções em flagrante.

Na operação, deflagrada após três meses de investigações, as equipes policiais apreenderam ainda cinco armas de fogo, especificamente uma espingarda caseira de calibre 12 e quatro revólveres, munições intactas e cartuchos. Foram encontrados também mais de três quilos em tabletes de entorpecentes semelhantes à maconha, 75 buchas da mesmas substância, 46 eppendorfs com um produto semelhante à cocaína e duas pedras de substância análoga à maconha. Além disso, na casa de um dos suspeitos, foi encontrada uma motocicleta roubada.

Assim, foram detidos em flagrante Danilo Oliveira de Jesus, José Nilde Noberto dos Santos, Ginaldo Santos Santana e Sebastião Gonçalves de Souza. Na ação, os policiais encontraram resistência por parte da organização e, após confronto, dois dos suspeitos acabaram indo a óbito. A polícia os identificou como João Paulo Barbosa de Jesus, popularmente conhecido como “JP”, e Wemerson Rodrigues de Souza, o “Gordo”.

O delegado responsável pela operação, Weliton Júnior, atribuiu o sucesso da operação aos trabalhos conjuntos entre as Polícias Civil e Militar, mencionando o apoio da equipe comandada pelo delegado Regional de Tobias Barreto, Francisco Gerlândio, e outras organizações participantes na ação.

As autoridades policiais reforçam a importância do Disque-Denúncia da Polícia Civil (181). O canal pode ser usado para denúncias de crimes e afins e o sigilo é garantido.

Fonte: SSP/SE

Fonte: infonet.com.br/noticias/cidade/operacao-policial-termina-com-quatro-suspeitos-presos-e-dois-mortos