Iniciativa inovadora, Núcleo de Experiência do Paciente é implantado no Hospital Estadual Leonardo da Vinci – Governo do Estado do Ceará

Iniciativa inovadora, Núcleo de Experiência do Paciente é implantado no Hospital Estadual Leonardo da Vinci

Débora Morais – Ascom Sesa Texto e Fotos

Serviço busca oferecer atendimento de qualidade com base na devolutiva de pacientes e familiares

O Hospital Estadual Leonardo Da Vinci (Helv), unidade da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) administrada pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), implantou um grupo multidisciplinar do Núcleo de Experiência do Paciente (Nexp). A iniciativa é inovadora e busca oferecer um atendimento de qualidade aos pacientes, principalmente em relação aos cuidados que recebem ao longo de sua jornada dentro da unidade hospitalar junto aos profissionais da Saúde.

Analisando vários aspectos da experiência do paciente, pode-se avaliar até que ponto eles estão recebendo cuidados que são respeitosos e respondem às preferências, necessidades e valores individuais. Mensalmente, o núcleo se encontra para considerar estratégias essenciais que visam à melhoria do atendimento integral, por meio do levantamento de pontos importantes que podem fazer a diferença na vivência do paciente durante a internação.

“O Núcleo é uma tendência que as instituições de saúde no mundo já vêm trabalhando. Este projeto já era algo que nós queríamos construir aqui no Leonardo. Começamos a implantar o Nexp no fim do semestre passado; aprimoramos as metodologias com bastante critério para trazer para os participantes algo mais sólido na melhoria do processo”, explica a diretora de Gestão e Atendimento (DGA) do Helv, Rafaela Neres.

Questionário é aplicado a pacientes com perguntas relacionadas ao período de internação no hospital

Por definição, a experiência do paciente abrange uma série de interações que os pacientes têm com a unidade de saúde, incluindo comunicação com médicos, enfermeiros e demais profissionais em hospitais, além de práticas médicas e outros serviços de saúde. A vivência da pessoa doente inclui vários aspectos da prestação do cuidado em saúde que vão desde o agendamento até a finalização do atendimento.

“Para avaliar a experiência do paciente, nós utilizamos um questionário com perguntas relacionadas ao seu período de internação na instituição. Nele, nós podemos mensurar se os profissionais e serviços de saúde consideram o cuidado centrado no paciente”, reforça a ouvidora do Helv, Elisabete Almeida.

A experiência do paciente permite que pacientes, famílias e cuidadores definam o “valor” do cuidado prestado, permitindo que as organizações de saúde foquem seus esforços no que importa para eles e não apenas no que é o problema junto a eles. Os profissionais da Saúde devem trabalhar para proporcionar novas relações com pacientes, famílias e cuidadores, para todos estabelecerem o que é necessário e como os cuidados podem ser entregues.

 

Voltar ao topo

Fonte: www.ceara.gov.br/2021/10/08/iniciativa-inovadora-nucleo-de-experiencia-do-paciente-e-implantado-no-hospital-estadual-leonardo-da-vinci