Mutirão contra arboviroses no Recife chega ao Ibura e Jordão neste final de semana

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 16/07/2021 16:18

Foto: Marcos Pastich/DivulgaçãoO mutirão contra o mosquito aedes aegypti chega, neste fim de semana, aos bairros do Ibura e do Jordão, na Zona Sul da cidade. Ao longo do sábado (17) e domingo (18), os agentes de saúde ambiental e controle de endemias (asaces) da Secretaria de Saúde da Prefeitura do Recife visitarão mais de dois mil imóveis nos dois bairros. O trabalho de prevenção das arboviroses (dengue, chikungunya e zika) acontecerá das 8h às 13h e envolverá 35 asaces, que inspecionarão mil imóveis em cada um dos dias.Além dos domicílios, os agentes de endemias também visitarão 14 pontos estratégicos, como borracharias e ferros-velhos, que são locais com grande potencial de conter criadouros de mosquito dentro da comunidade. Nesses ambientes, eles verificam, por exemplo, se há depósitos que acumulam água, e também realizam aspirações de alados (mosquitos adultos), além de fazer tratamento químico com inseticida.Os locais escolhidos para receber as inspeções apresentam um maior índice de infestação do mosquito e risco de adoecimento da população, de acordo com indicadores entomológicos e epidemiológicos. De janeiro até agora, os asaces da Prefeitura do Recife visitaram mais de 940 mil imóveis e cerca de 7,2 mil pontos estratégicos de monitoramento. A Sesau também recolheu mais de 4.600 pneus em desuso que poderiam servir de criadouros para as larvas do mosquito.Durante o mutirão, os agentes de endemias também farão inspeções de denúncias de possíveis focos de mosquitos que foram recebidas pelo Conecta Recife, através da ferramenta digital ‘Bora se Cuidar contra o Mosquito’. Nos dois dias, serão visitados 20 locais em diversos pontos da cidade.A plataforma, que está disponível no site Conecta Recife (conectarecife.recife.pe.gov.br) ou app Conecta Recife, permite que os moradores do Recife acionem a Vigilância Ambiental de forma rápida e eficiente para vistoriar áreas com possíveis focos do transmissor da dengue, chikungunya e zika. Essa é uma das estratégias da Prefeitura inseridas no Plano de Enfrentamento das Arboviroses 2021, lançado em junho. Desde então, já foram recebidas mais de 400 denúncias.Até o dia 26 de junho deste ano, foram notificados 8.824 casos de arboviroses, sendo 3.845 casos de dengue, 4.860 de chikungunya e 119 de zika. Dentre estas notificações, foram confirmados 1.160 casos de dengue e 3.029 casos de chikungunya. O último Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti (LIRAa), realizado no período de 10 a 12/05/2021 (3º ciclo), apresentou resultado geral no Recife de 2,7% (risco alto). Trinta e um bairros apresentaram Risco Muito Alto de infestação pelo Aedes aegypti, com os maiores índices de infestação nos bairros da Jaqueira (9,0), Parnamirim (9,0), Tamarineira (9,0), Várzea (8,7), Dois Irmãos (8,3) e Sítio dos Pintos (8,3). Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Fonte: www.diariodepernambuco.com.br/noticia/vidaurbana/2021/07/mutirao-contra-arboviroses-no-recife-chega-ao-ibura-e-jordao-neste-fin.html