Operação Quadrilátero resultou no cumprimento de 96 mandados de prisão de foragidos na Paraíba

A Operação Quadrilátero, que teve o fechamento nesta sexta-feira (16), resultou no cumprimento de 96 mandados de prisão, segundo informou o coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba (MPPB), Octávio Paulo Neto. Desse total, somente nesta sexta-feira (16), foram 47 mandados cumpridos de foragidos da justiça.

Octávio Paulo Neto explicou, em entrevista a uma emissora de rádio de João Pessoa, informou que a Operação ocorreu durante toda esta semana. Ele destacou que o trabalho faz parte de um conjunto de esforços das forças de segurança: Ministério Público, Controlaria Geral da União (CGU), Polícias Militar e Civil. Além disso, contou que foram utilizadas tecnologias e sistema de inteligência para o cumprimento dos mandados de prisão.

“É inaceitável que em um país como o nosso, pessoas que têm sobre, em face de si, mandados de prisão elas não sejam devidamente colhidas pela justiça. Foi feito esse esforço nesse sentido, até porque a gente sabe que o país está caminhando num cenário de impunidade generalizada e temos se esforçado bastante para poder minorar os efeitos deletérios dessa escalada de impunidade que está tão massificada no Brasil”, frisou.

Ainda de acordo com o coordenador do Gaeco, a ação contribui para aumentar a segurança da população e eficiência do sistema que inclui todos os órgãos, incluindo o MPPB. Foram cumpridos mandados em diversos municípios como João Pessoa, Queimadas e Campina Grande. Os alvos da operação são acusados de crimes de porte ilegal de arma, receptação, roubos e tráfico de drogas.

A operação “Quadrilátero” contou com a participação das Polícia Militar, Polícia Civil, CGU e Gaeco. Os presos em João Pessoa foram encaminhados para Central de Flagrantes, no bairro do Geisel.

Entre os principais crimes cometidos pelos foragidos estavam roubos, tráfico de drogas, homicídios, estupro, furto, violência doméstica, estelionato, organização criminosa, receptação e porte ilegal de arma. No dia de hoje, a Operação começou às 6h e aconteceu nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Cajazeiras, Nova Olinda, Sousa, Santa Rita, Princesa Isabel, Bayeux, Ingá, Gado Bravo e Cuitegi, resultando em 50 prisões. Além das prisões, foram apreendidas drogas na cidade de Bayeux e em Campina Grande, durante os trabalhos da Operação.

Fonte: Com ClickPB Enviar no WhatsApp

Fonte: paraibaempauta.com.br/noticia/22431/operacao-quadrilatero-resultou-no-cumprimento-de-96-mandados-de-prisao-de-foragidos-na-paraiba.html