Paulo Afonso planeja ações para impulsionar turismo – Portal Gov Bahia

O planejamento de ações para diversificação das atividades turísticas em Paulo Afonso foi apresentado, na segunda-feira (3), ao secretário de Turismo da Bahia, Fausto Franco. Durante o encontro, o secretário municipal do segmento, Nino Rangel, e a assessora especial Clícia Nascimento apresentaram uma lista de prioridades que tem como principais pontos a retomada da visitação turística à sede da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) e a captação de voos comerciais.

Fausto se comprometeu a fazer a articulação com o governo federal para que a Chesf volte a receber visitantes, retomando o status de principal atrativo de Paulo Afonso. A empresa foi criada em 1945, na gestão do presidente Getúlio Vargas, para aproveitar o potencial energético da cachoeira de Paulo Afonso, entre Bahia e Alagoas, fornecendo energia elétrica para a região Nordeste. Sua implantação promoveu o povoamento e o desenvolvimento econômico da cidade, emancipada do município de Glória em 1958.

Em relação ao voos, Fausto Franco destacou o trabalho constante junto às companhias para ampliação da malha aérea no estado e citou a parceria com a a Abaeté Aviação, que tem permissão para operar voos comerciais em aeronaves de pequeno porte para destinos do interior da Bahia, a exemplo de Morro de São Paulo (já em operação), Boipeba, Maraú e Mucugê (em fase de articulação).

“É muito grande o potencial de Paulo Afonso, que tem entre suas vocações o turismo de aventura, proporcionado pelo Rio São Francisco e contato com a natureza. Mas, sem dúvida, o segmento cultural precisa ser lembrado e valorizado, já que a cidade foi palco do Cangaço e é terra natal de Maria Bonita, a famosa mulher de Lampião, líder do movimento”, lembrou Franco.

Entre as ações planejadas pelo secretário de Paulo Afonso estão a implantação de um parque de aventura, um pequeno museu digital para contar a história da cidade e uma parceria para oferta de cursos para formação de guias de turismo.

Mapa turístico – Atualmente, a zona Lagos e Cânions do São Francisco conta apenas com Paulo Afonso e Santa Brígida no Mapa do Turismo Brasileiro, organizado pelo Ministério do Turismo. “Temos atuado para que os municípios com potencial e que não estão no mapa possam atender aos critérios para ingressar ou reingressar nesta que é uma importante ferramenta para o desenvolvimento de políticas públicas e captação de recursos governamentais”, disse Fausto Franco.

Paulo Afonso está classificado na categoria B do mapa turístico e a intenção da administração municipal, segundo Nino Rangel, é reunir os requisitos para continuar subindo para a categoria A. A categorização é feita a partir da avaliação do desempenho econômico da atividade turística de cada município integrante do mapa.

Fonte: Ascom/Setur

Fotos: Ascom/Setur

Fonte: www.bahia.ba.gov.br/2021/05/noticias/turismo/paulo-afonso-planeja-acoes-para-impulsionar-turismo