“Por uma OAB/MA apartidária”, diz Saraiva

Com a missão de fazer uma gestão baseada na valorização da advocacia maranhense, tendo a  capacitação e  condições seguras e confortáveis de trabalho para que a classe possa exercer melhor o seu ofício como linha de frente, o advogado Kaio Saraiva, pretende marcar a sua gestão como presidente eleito da OAB/MA para o triênio 2022/2024.

Que a sua eleição é a realização de um  grande sonho que lhe permitirá contribuir com a advocacia maranhense e de mais de 4.384  advogados que acreditaram nas propostas de suas chapa. E que fará uma gestão para toda advocacia do estado. 

“Tivemos a oportunidade de no inicio do ano, levar ao Conselho Federal a proposição de realizarmos no estado do Maranhão, as eleições online. E esse projeto foi realizado pelo Conselho Federal no qual o Maranhão e outros quatro estados, Distrito Federal, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Cada estado teve a oportunidade de marcar a sua eleição E aqui o Conselho Estadual da OAB/MA realizou as eleições para o último dia 16 de novembro. Nós fomos pioneiros no país a realizar no Sistema OAB as eleições online. Fiquei muito feliz porque é um grande avanço na advocacia. E isso mostra mais uma vez que o Maranhão tem uma OAB moderna e que busca atender a cada advogado do nosso estado, que é de uma imensa extensão territorial.. Tivemos a menor abstenção da história com pouco mais de 14%”, afirmou Kaio Saraiva, que foi recebido pelo diretor presidente de O Imparcial Pedro Freire.

Questionado sobre de que forma a OAB/MA atuará durante as eleições de 2022, Kaio Sariava foi categórico. “Entendo que a OAB/MA tem que ter sempre um posicionamento apartidário. A instituição tem que ser independente. Não deve se envolver em um processo eleitoral, tomando partido por A, B ou C.

Não que a nossa instituição não deva fazer relacionamento o mínimo institucional porque isso é natural e isto deve ser feito de forma imparcial em prol da advocacia e da sociedade. Mas o posicionamento da OAB será de participar de um processo de forma democrática e imparcial sem adotar um posicionamento político partidário. Pois entendo que retira a legitimidade da instituição quando é necessário lutar em prol da sociedade e da nossa advocacia”, ressaltou Kaio Saraiva que na gestão passada exerceu a função de tesoureiro da instituição.

Foto: O Imparcial

Sobre ter sido eleito em uma votação que foi bastante equilibrada, uma vez que a outra chapa encabeçada pelo advogado Diego Sá, obteve  43,76% dos votos, Kaio Saraiva fez questão de ressaltar, que como presidente eleito da OAB/MA fará uma gestão voltada para toda a classe, sem distinção de terem feito outra escolha durante a votação.

“Sem dúvida nenhuma vou fazer uma gestão voltada para toda advocacia. Compreender que ao tomar posse, o representante da instituição civil de maior credibilidade do país, nós não representamos uma parcela da democracia, mas a nossa instituição e os 19 mil advogados que hoje atuam em nosso estado.

Nós faremos uma gestão voltada para todos os advogados  e advogadas, e aqui de uma forma muito especial , convocar meu colegas da advocacia que acreditaram no projeto da chapa 4, aqueles que resolveram acreditar em outra opção durante o período eleitoral que agora vamos vir juntos para construir uma democracia melhor para todos nós. Vamos fazer uma gestão unida, uma construção de uma advocacia cada vez melhor no estado.

Sobre o seu maior desafio como presidente eleito da instituição, Kaio Saraiva, será a defesa de prorrogativa da advocacia para um melhor exercício da profissão. O presidente eleito afirmou que a instituição vai continuar atuando no enfrentamento dessa pandemia com a retomada dos advogados ao mercado de trabalho e o ingresso da jovem advocacia com capacitação adequada, em espaços de trabalho para poder atender seus clientes.

“Vamos investir na defesa de prerrogativas da advocacia maranhense. Quando o advogado tem uma defesa de prerrogativas atuante, garantindo o seu o exercício profissional independente atuante com altivez. Tudo isso a gente contribui não só com a advocacia como também para a sociedade maranhense. Sem duvida nenhuma a defesa de prerrogativas será a menina dos olhos de nossa gestão. Nós descentralizaremos o sistema de prerrogativas; instalaremos o SOS morosidade, por meio das quais os nossos colegas poderão fazer reclamações sobre os processos que estão paralisados há muito tempo, que estão pendente por expedição de alvará para que a gente possa realizar um diálogo com a comunidade judicional e cobrar o andamento daquele processo.

Caso não seja dado o andamento nós tomaremos as medidas necessárias para que as reclamações a corregedoria, ouvidoria e ao CNJ, tudo isso sempre com muito diálogo e de forma respeitosa, de forma institucional e imparcial”, afirmou Kaio Saraiva que esteve na sede de O Imparcial  acompanhado por  Tatiana Costa (vice-presidente), Mariana Berredo (diretora-tesoureira) e Vandir Bezerra Jr (secretário-geral adjunto).

Fonte: oimparcial.com.br/politica/2021/11/por-uma-oab-ma-apartidaria-diz-saraiva