Prefeitura do Recife anuncia Pfizer como opção de segunda dose para quem já tomou Astrazeneca

Por:

Publicado em: 24/11/2021 19:32

Foto: Christof Stanche/AFP

No Recife, quem tomou a primeira dose da vacina da Astrazeneca terá a opção de receber o imunizante da Pfizer no momento em que for tomar a segunda dose. A intercambialidade entre as vacinas das duas marcas, que já chegou a ser utilizada no processo de imunização de gestantes em julho deste ano, estará disponível, a partir desta quinta-feira (25), nos 22 postos de vacinação fixos montados pela Prefeitura do Recife e também nas localidades do município onde a imunização ocorre de forma itinerante.O intervalo para completar o esquema vacinal continua sendo de 60 dias após a primeira dose. Quem tomou o imunizante da Astrazeneca deve fazer o agendamento da segunda dose no Conecta Recife respeitando esse prazo. Nos postos, as vacinas dos dois fabricantes estarão disponíveis para que o usuário conclua o seu esquema básico de imunização contra a Covid-19. Pesquisas internacionais indicam que o esquema heterólogo (combinação entre vacinas) tem apresentado boa eficácia na indução de uma resposta do sistema imunológico, otimizando a proteção proporcionada pelas vacinas disponíveis.No Recife, das 36 mil pessoas que tomaram a primeira dose da vacina da Astrazeneca e ainda não receberam a segunda, cerca de 29 mil já estão aptas a fazer o agendamento para completar o esquema vacinal básico. Até o momento, 5.895 pessoas que compõem esse grupo já marcaram o dia e a hora de tomar a segunda dose por meio do Conecta Recife.RECIFE VACINADesde o início do Plano Recife Vacina, em janeiro, mais de 2,6 milhões de doses de imunizantes contra a Covid-19 foram aplicadas. Além de salas de vacina e postos em esquema drive-thru, pontos de vacinação itinerantes também foram montados pela Secretaria de Saúde (Sesau) em mais de 100 localidades do município. Outra estratégia é o Carro da Vacina, projeto lançado com o objetivo de orientar os cidadãos, por meio de mensagens de apelo popular, sobre a importância da imunização. Profissionais de saúde também já visitaram mais de 100 escolas públicas das redes estadual e municipal para, sem a necessidade de agendamento, aplicar as vacinas em adolescentes de 12 a 17 anos, com autorização dos pais ou responsáveis.

 

| | | | | |

Fonte: www.diariodepernambuco.com.br/noticia/vidaurbana/2021/11/prefeitura-do-recife-anuncia-vacina-da-pfizer-como-opcao-de-segunda-do.html