Secretários da Sedet visitam cultivos protegidos na Região da Ibiapaba – Governo do Estado do Ceará

Secretários da Sedet visitam cultivos protegidos na Região da Ibiapaba

– Texto e Fotos

Empresários da Região da Ibiapaba tem investido em tecnologia para aumentar a produtividade e renda

Na manhã de quinta-feira (11) uma comitiva da Sedet viajou até Ibiapaba com o objetivo de conhecer e visitar algumas fazendas que produzem alimentos em cultivo protegido. A região, conhecida como Serra Grande (Ibiapaba), concentra 34% da produção de alimentos do Ceará. O clima ameno e as chuvas regulares são favoráveis às culturas desenvolvidas na região. Mas o que atualmente vem se destacando são as culturas em ambiente protegido (estufas).

A primeira visita foi à empresa Hidrofolhas, em Tianguá, onde são produzidos 150 mil pés de alface e cheiro verde por mês, numa área de 1 hectare. O ciclo da alface leva cerca de 45 dias, e do cheiro verde são 30 dias. A fazenda gera cerca de 70 empregos diretos e tem projetos para expandir e plantar abacate numa área de 30 hectares.

Em São Benedito, a fazenda Itaueira produz pimentões amarelos numa área de 14 hectares, 100% em estufas climatizadas. O ambiente protegido favorece o controle de pragas, mas o manejo e os cuidados manuais são empregados diariamente na plantação. “O ciclo desse pimentão é de 9 meses e os funcionários precisam conduzir a planta, fazendo podas. Cada planta produz em média 34 frutos, mas a nossa meta é aumentar e chegar a 180 toneladas colhidas por hectare”, afirmou César Sena, coordenador de fitossanidade da Itaueira, fazenda que emprega 293 trabalhadores.

Por fim, em Carnaubal, a comitiva visitou a Mirante Vegetais, que desde 2015 produz tomates em estufas. A área de 1 hectare está sendo ampliada para 1 hectare e meio. “Os 22 funcionários foram treinados aqui mesmo na fazenda. Outro dado importante é que a pandemia não afetou a nossa produção”, afirmou o proprietário Edson Brok.

A comitiva formada pelos secretários titular e executivos da Sedet, Maia Júnior, Sílvio Carlos Ribeiro (Agronegócio), Júlio Cavalcante (Comércio, Serviços e Inovação) e Kennedy Vasconcelos (Trabalho e Empreendedorismo), contou ainda com a participação de Eudoro Santana, pai do governador Camilo Santana, e atualmente coordenador Especial de Programas Integrados da Prefeitura de Fortaleza. “Eu faço questão de visitar e de divulgar porque é importante que as pessoas saibam o que está acontecendo no Ceará. Há 30 anos isso não existia! Mas tudo isso é graças ao conhecimento e investimentos em tecnologia”, afirmou o titular da Sedet, Maia Júnior.

Fonte: www.ceara.gov.br/2021/11/12/secretarios-da-sedet-visitam-cultivos-protegidos-na-regiao-da-ibiapaba