Supesp promove campanha de doação de livros até o dia 28 de junho

Supesp promove campanha de doação de livros até o dia 28 de junho

Ascom Supesp

Dando continuidade às ações comemorativas aos seus três anos de fundação, a Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supes) promove, até o dia 28 de junho, a Campanha de Doação de Livros Ler com o público e junto aos servidores da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e de suas vinculadas. O objetivo é atender ao projeto “Periferia que Lê” do bairro Granja Lisboa, na Grande Fortaleza, que atua na comunidade com as Geladeiras Literárias e a formação de bibliotecas comunitárias.

Segundo o superintendente da Supesp, Helano Matos, a ideia é se aproximar cada vez mais da comunidade, criando um intercâmbio entre o que é desenvolvido de conhecimento no setor público na área da segurança e estimular o conhecimento, a leitura entre as pessoas do bairro e criar esse hábito entre grupos das mais diversas idades. “A leitura e a educação são os principais caminhos para o crescimento de uma sociedade, sua cultura, sua economia. Fortalecer essa ideia e consolidar esse crescimento é papel de todos nós, e a Supesp está nessa missão”, explica Helano.

As doações podem ser feitas na sede da Supesp, na Avenida Bezerra de Menezes, 581, no bairro São Gerardo, entre as 8h e 17h, na sala da Assessoria de Comunicação (Ascom). Até o dia 2 de junho, 67 livros já haviam sido arrecadados. A meta, segundo os organizadores da campanha, é chegar próximo aos 500 livros. Em parceria com o Clube Lions, no município de Caucaia, tem sido articulado a doação de cerca de 200 livros didáticos para estudantes do ensino fundamental e médio. “Estou muito feliz com essa iniciativa da Supesp”, revela Marcos de Sá, idealizador do projeto.

O “Periferia que Lê” é um projeto social com ações voluntárias que visa reforçar a importância das práticas literárias por meio da elaboração de ideias, acessibilidade aos livros e à informação. Atuante no Grande Bom Jardim e na Granja Lisboa, uma das maiores periferias de Fortaleza, a iniciativa busca incentivar a leitura, conectar-se à comunidade e aos artistas locais.

“Iniciamos timidamente as nossas ações em maio/2020 com a intenção de entregar alguns livros para a comunidade, mas o envolvimento das mesmas fizeram com que o projeto ampliasse sua visão e entendesse a necessidade de prosseguir com novas ideias a fim de alcançar o maior número de pessoas possíveis. Estamos chegando a quase um ano de atuação e até aqui colhemos frutos muito significativos”, explica Marcos de Sá, que planeja a formação de um biblioteca comunitária no bairro para atender a mais pessoas.

O projeto recebe geladeiras inutilizadas e encaminha à manutenção e pintura para serem colocadas em um ponto estratégico e assim acessibilizar as doações ao público-alvo. Essa foi a primeira estratégia durante o isolamento social. Continuamente são realizadas ações em torno das geladeiras, e o convite para a comunidade interagir com a mesma é reforçado. Regularmente, a equipe visita as geladeiras literárias para a limpeza e reposição das novas doações. “Todas as vezes que essas ações acontecem, presenciamos a comunidade interagindo, principalmente o nosso público-alvo: aqueles que não tem poder aquisitivo para comprar livros”, conclui Marcos.

Campanha de Doação de Livros Ler para o Projeto Periferia que Lê Comemorativa aos 3 anos da Supesp Data: Até 28 de junho

Ponto de arrecadação: Avenida Bezerra de Menezes, 581, São Gerardo, Fortaleza/CE, das 8h às 17h Mais informações: (85) 3194-7446

 

Voltar ao topo

Compartilhar

Fonte: www.ceara.gov.br/2021/06/02/supesp-promove-campanha-de-doacao-de-livros-ate-o-dia-28-de-junho