Após testar positivo para covid, mulher fura bloqueio, é perseguida e interceptada

O caso aconteceu na fronteira com Bertioga, no litoral norte do estado, na barreira sanitária da Costa Sul

Uma mulher de 58 anos que ia de Campinas, no interior do estado, em direção ao Litoral Norte de São Paulo, furou o bloqueio após constatar que seu teste rápido para Covid-19 deu positivo.

De acordo com nota do jornal A Tribuna, de Santos, o caso aconteceu na fronteira com Bertioga, no litoral norte do estado, na barreira sanitária da Costa Sul. Ela foi perseguida pela Guarda Civil Metropolitana e alcançada a cerca de 1km à frente da barreira.

Seu carro foi interceptado e ela conduzida de volta à Campinas. Por decreto municipal, pessoas contaminadas com coronavírus devem retornar a seu município de origem.

A Prefeitura de São Sebastião está realizando a operação de 24h de barreira sanitária em Boraceia, Costa Sul de São Sebastião que faz fronteira com Bertioga, com uma série de protocolos sanitários, entre eles, a testagem rápida para Covid-19 em integrantes de veículos com placas de outras cidades.

Revista Fõrum – Com informações do jornal A Tribuna, de Santos – Foto: Divulgação Prefeitura de São Sebastião