Arrependidos: 1 em cada 3 que votaram em Bolsonaro acham governo ruim ou péssimo

Foto: Alan Santos/PR

Pesquisa PoderData divulgada nesta quinta-feira (11) revela que um em cada três eleitores que votaram em Jair Bolsonaro (Sem partido) no segundo turno das eleições de 2018 mostram-se arrependidos. Segundo o estudo, nesse cenário 33% avaliam o governo como ruim ou péssimo, menos da metade – 43% – vêem como bom ou ótimo e 21% como regular.

avaliação como ruim ou péssimo chegou a 57% no eleitorado em geral – que tem ainda 16% de regular e 24% de ótimo ou bom, segundo o estudo, realizado entre os dias 8 e 10 de novembro.

O índice de reprovação do governo oscilou 1 ponto para mais desde a última pesquisa, feita entre os dias 25 e 27 de outubro. O porcentual é o maior da série histórica, que começou com 33% de ruim/péssimo em abril de 2020 – à época, Bolsonaro tinha 36% de ótimo ou bom e 28% de regular.

Rejeição é maior no Sudeste e Nordeste

Os recortes regionais complicam ainda mais a popularidade de Bolsonaro, que disputará a reeleição no ano que vem tendo como potenciais adversários o ex-presidente Lula (PT), seu ex-ministro, Sergio Moro (Podemos), e Ciro Gomes (PDT).

Os maiores indíces de “ruim/péssimo” estão nas regiões Nordeste e Sudentes, que somam 101,7 milhões de eleitores, quase 70% do total nacional.

No Sudeste, 63% reprovam o presidente e no Nordeste, 62%. O sul (42%) e o Centro-Oeste (45%) são as regiões com menor porcentual de avaliação de ruim ou péssimo.

O PoderData ouviu 2,5 mil eleitores em 412 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Revista Fórum