Comissão da Memória da UFRJ lança série para detalhar violências da ditadura e 'silêncios' – Rede Brasil Atual

São Paulo – A Comissão da Memória e da Verdade da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) lançou nesta semana o primeiro episódio da série Incontáveis, uma abordagem sobre temas ligados à ditadura civil-militar. Segundo os organizadores, o objetivo é detalhar assuntos menos discutidos relacionados àquele período. O episódio de estreia, por exemplo, tratou dos impactos sobre a educação e a ciência.

“Em um momento de negacionismo e de apologia à tortura, o intuito da série é apresentar novos ângulos para discutir as violações aos direitos humanos que marcaram aquele período”, afirma a comissão. “O objetivo é oferecer subsídios para enfrentar argumentos como o de que a ditadura foi branda.”

Serão seis capítulos no total, com duração de 10 a 15 minutos cada, sob direção do antropólogo José Sérgio Leite Lopes (confira a programação ao final do texto). Os episódios vão ao ar às terças-feiras, às 14h, no YouTube, na página do Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ.

“As perguntas que guiam a série são: em que medida as dimensões de raça, etnia, classe, gênero e sexualidade foram deixadas de lado na construção das políticas de memória e reparação à ditadura?”, informam os organizadores. “O quanto esses silêncios ajudam a explicar a dificuldade de constituição de uma memória socialmente compartilhada de repúdio ao período na sociedade brasileira?”

Cada episódio é narrado por uma pessoa que vivenciou os impactos daquele momento histórico. O primeiro, por exemplo, teve a participação da historiadora e professora universitária Dulce Pandolfi.

Confira a programação:

  • 16 de novembro – Trabalhadores do campo e da cidade. Narração: Jardel Leal, economista e sindicalista.
  • 7 de dezembro – Racismo e moradores das favelas. Narração: Dom Filó, produtor e apresentador.
  • 14 de dezembro – População LGBTQIA+. Narração: Hércules Quintanilha, ativista, cientista social e intérprete.
  • 11 de janeiro – Mulheres e violência de gênero. Narração: Lúcia Murat, cineasta.
  • 25 de janeiro – Povos indígenas – Douglas Krenak, líder indígena.

ao primeiro episódio.

Leia mais::: :: ::

Fonte: www.redebrasilatual.com.br/cidadania/2021/11/comissao-memoria-ufrj-serie-ditadura