Ex-ministro de Ciência e Tecnologia se solidariza com cientistas que recusaram honraria do governo

Ex-ministro de Ciência e Tecnologia se solidariza com cientistas que recusaram honraria do governo

José Israel Vargas disse acreditar na vitória contra os inimigos da Ciência. “Em particular do atual presidente da República, que é, como todos os autoritários, passageiro, como demonstra a história”, afirmou

(Foto: Fiemg/Reprodução)

O ex-ministro da Ciência e Tecnologia José Israel Vargas, divulgou nesta terça-feira (9) , depois que Jair Bolsonaro excluiu profissionais contrários ao uso da cloroquina contra a Covid-19 e concedeu a honraria a si próprio. 

No documento, encaminhado ao presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC), Luiz Davidovich, o ex-ministro durante as gestões Itamar Franco e Fernando Henrique Cardoso disse acreditar na vitória contra os inimigos da Ciência. “Em particular do atual presidente da República, que é, como todos os autoritários, passageiro, como demonstra a história”, afirmou Israel Vargas.

Leia carta do Acadêmico José Israel Vargas, ex-ministro de Ciência e Tecnologia, para o presidente da ABC:  

Prezado Prof. Luiz Davidovich,

Presidente da Academia Brasileira de Ciências

Como Ministro proponente e criador da Ordem Nacional do Mérito Científico, ex-presidente da Academia Brasileira de Ciências e membro da mesma, me solidarizo com a nota divulgada pelo colega e com as demais manifestações de cientistas que tendo renunciado à Ordem do Mérito Científico, seguramente voltarão à mesma em futuro que espero seja próximo.

Confio ao mesmo tempo que ficaremos livres dos inimigos da Ciência, em particular do atual presidente da República, que é, como todos os autoritários, passageiro, como demonstra a história.

Com a cordial saudação do colega,

José Israel Vargas

Fonte: www.brasil247.com/brasil/ex-ministro-de-ciencia-e-tecnologia-se-solidariza-com-cientistas-que-recusaram-honraria-do-governo