Flávio Dino: “juiz politiqueiro e parcial não tem autoridade moral para falar em democracia”

Governador do Maranhão rebateu crítica de Sérgio Moro, que foi ministro de Bolsonaro, ao ex-presidente Lula

Foto: Reprodução | Felipe Gonçalves/Brasil 247 | ABr

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), rebateu o ex-juiz parcial Sérgio Moro, que foi às redes sociais para criticar o ex-presidente Lula

“Não dá para flertar com o autoritarismo”, diz o ex-juiz que prendeu ilegalmente Lula e depois foi ser ministro do presidente de extrema-direita. E de lá só saiu depois de humilhado e expurgado. Juiz politiqueiro e parcial não tem autoridade moral para falar em democracia”, disse o governador maranhense. 

Lançado pelo Podemos como pré-candidato a presidente, Moro criticou Lula por sair em defesa de Cuba em meio aos protestos contra o governo local, incentivados pelos Estados Unidos. “Antes, o PT elogiou as eleições na Nicarágua, onde os opositores foram presos. Agora, é o Lula quem minimiza a repressão contra protestos na ditadura cubana e critica os Estados Unidos, uma democracia. Não dá para flertar com o autoritarismo”, escreveu o ex-juiz parcial.