Falta de credibilidade de Bolsonaro leva até Ford cair fora do Brasil

Foto: Divulgação

Com a crise econômica agravada no governo Bolsonaro, a montadora americana Ford anunciou, nesta segunda-feira (11), que irá encerrar a sua produção de veículos no Brasil este ano, mas continuará atuando na Argentina e no Uruguai. Em 2019, a multinacional já havia encerrado sua produção em São Bernardo do Campo, no ABC paulista.

Através de um comunicado, a Ford informou que vai fechar imediatamente, neste ano, suas fábricas em Camaçari (BA), onde produz os modelos EcoSport e Ka, e em Taubaté (SP), em que produz motores. Sua unidade em Horizonte (CE), onde são montados os jipes da marca Troller, será fechada no final do quarto trimestre de 2021. De acordo com a empresa, 5 mil trabalhadores serão demitidos no Brasil e na Argentina.

“As operações de manufatura na Argentina e no Uruguai e as organizações de vendas em outros mercados da América do Sul não serão impactadas”, disse a empresa em seu site.

A Ford afirmou que sua decisão foi tomada “à medida em que a pandemia de Covid-19 amplia a persistente capacidade ociosa da indústria e a redução das vendas, resultando em anos de perdas significativas”.

A empresa disse, ainda, que manterá no Brasil seu Centro de Desenvolvimento de Produto (BA), e o campo de provas e sua sede administrativa para a América do Sul, ambos no estado de São Paulo.

Para o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, “o fechamento da Ford é uma demonstração da falta de credibilidade do governo brasileiro”, escreveu, em seu Twitter.

Fonte: horadopovo.com.br/falta-de-credibilidade-de-bolsonaro-leva-ate-ford-cair-fora-do-brasil