Simone Tebet: “novo auxílio emergencial é agenda de um país que começa a passar fome”

Senadora Simone Tebet (MDB). Foto: Marcos Oliveira/ Agência Senado

A senadora Simone Tebet (MDB-MS), candidata do MDB à presidência do Senado, defendeu a discussão de uma nova rodada do auxílio emergencial. De acordo com a senadora, essa é uma “agenda de um país que começa a passar fome”.

“O auxílio emergencial, com responsabilidade, observando os critérios da Lei de Responsabilidade Fiscal, o limite do teto de gastos, ainda que com menor valor, tem que sim estar na agenda de qualquer candidato”, declarou Simone Tebet a jornalistas, após ser oficializada candidata do MDB à presidência da Casa.

O auxílio emergencial, aprovado pelo Congresso Nacional para trabalhadores informais e desempregados durante a pandemia da Covid-19, encerrou em dezembro.

A renda emergencial ajudou 68 milhões de brasileiros a enfrentarem a pandemia e impediu um tombo maior da economia que já vinha desastrosa sob o comando de Paulo Guedes.

Com o fim do auxílio milhões de brasileiros ficaram sem renda e sem emprego na virada do ano, não havendo qualquer proposta por parte do governo Bolsonaro para enfrentar a crise.

No Congresso, cresce a pressão para retomada do benefício, enquanto durar a pandemia da Covid-19.

Fonte: horadopovo.com.br/simone-tebet-novo-auxilio-emergencial-e-agenda-de-um-pais-que-comeca-a-passar-fome