Audiência pública vai discutir crise no Inep e a aplicação do Enem

São Paulo – A Comissão de Educação da Câmara vai discutir em audiência pública a crise no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O órgão é responsável, entre outras coisas, pela elaboração e aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem. A audiência será na próxima terça-feira (30), a partir das 10h.

A realização do debate partiu de requerimentos da presidente do colegiado, deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO), e dos deputados Professor Israel Batista (PV-DF), coordenador da Frente Parlamentar Mista da Educação, e (PT-MT), coordenadora do Grupo de Trabalho da Câmara que acompanha a crise Inep/Enem.

O objetivo é coletar esclarecimento sobre as denúncias de assédio, que levaram ao pedido de exoneração de 37 servidores que atuavam diretamente com o Enem. Os servidores afirmam ter sido vítimas de assédio moral e que há interferência do governo de Jair Bolsonaro na elaboração das provas. O presidente do órgão, Daniel Dupas, nega as denúncias e afirma que o Inep passa “por um per´´iodo de aprimoramento”.

Enem sob ataques

No último dia 17, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, compareceu à reunião da Comissão de Educação e negou interferência do governo no Enem. No mesmo dia, a Professora Dorinha Seabra Rezende criou um , coordenado pela Professora Rosa Neide, para acompanhar a realização das provas do Enem e a crise pela qual passa o Inep.

“A audiência pública ora proposta tem a finalidade de esclarecer os parlamentares e a sociedade sobre os principais pontos que envolvem o Enem 2021 diante desses fatos tão relevantes no momento que antecede o exame de maior abrangência da educação brasileira”, disse o deputado Professor Israel Batista.

Foram convidados para a audiência o presidente do Inep, Danilo Dupas Ribeiro; o presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), Marcus Vinicius David; o presidente da Associação de Servidores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Assinep), Alexandre Retamal; e o servidor do Inep Alexandre Santos.

.

A audiência será interativa e está marcada para as 10h, no plenário 8. .

Com informações da Agência Câmara

Fonte: www.redebrasilatual.com.br/educacao/2021/11/audiencia-publica-vai-discutir-crise-no-inep-e-a-aplicacao-do-enem