O recomeço no mercado profissional

Saiba que nunca é tarde para recomeçar

João Gonsalves

Nos dias atuais, é muito comum encontrar profissionais frustrados com suas profissões. Sabe-se que, em todo trabalho e carreira, momentos complicados, de estresse e dificuldade acontecem – assim, a pergunta que fica é: como perceber que esses momentos podem ser indicativos de que você não está na carreira ideal?

Para o terapeuta transpessoal João Gonsalves, essas situações demonstram um conflito interno, com sintomas que não aparecem quando se está em harmonia. “Quando eles estão presentes, é importante observar e pesquisar o quanto está em paz consigo e com as pessoas mais próximas, pois esse é um fator decisivo para gerar harmonia ou conflito”.

Muitas vezes, essas situações fazem com que o profissional questione suas escolhas e, até, procure algo novo – como voltar à graduação, se especializando em outra área de atuação -, mas, a maioria desses planos, formados ao se questionar, não são colocados em ação. Todo recomeço depende de conhecer o porquê do passado não ter sido bem-sucedido, pois caso você não compreenda ou identifique os reais motivos, pode repetir os resultados negativos mesmo estando em outra área de atuação. Assim, João dá dicas aos profissionais para que isso não aconteça:

“Procure sentir, observar com sensibilidade dentro de si mesmo e perceba o que gera o incômodo, que é o fato gerador do fracasso. Dependendo da sensibilidade da pessoa, ela poderá entender. Porém, uma coisa pode ajudar muito: sentir gratidão pelo que fazia, mesmo que não tenha obtido sucesso, pois, ao sentir gratidão pelo que fazemos, abrimos caminho para ter satisfação e sucesso no que recomeçamos”. O terapeuta ainda enfatiza: “Qualquer idade é boa para recomeçar”.

Outro fator importante, listado por João Gonsalves, é que, para tomar decisões como estas é necessário se livrar dos julgamentos de certo ou errado. De acordo com ele, o julgamento é a origem do sofrimento, pois, ao julgar, estamos criando ou aceitando regras que determinam quem merece ou não a aprovação, sendo os reprovados, nesse segmento de ideia, merecedores de punições primeiramente internas.

“Se eliminarmos o julgamento e aceitarmos que tudo é experiência ao invés de classificarmos como certo ou errado, eliminaremos a reprovação aos outros e também a nós. Com isso, estaremos nos libertando de sofrimentos, estimulando uma vida melhor – enfatiza João -, muito melhor”.

Serviço: João Gonsalves

Terapeuta e assessor de Autoconhecimento

Fone: (11) 98203-1215

E-mail: [email protected]

Site: www.joaogonsalves.com.br

Endereço: Estrada Manoel Lages do Chão, 1335 – Cotia – São Paulo