Diniz valoriza o poder de reação do São Paulo e comenta decisão polêmica do VAR

Neste sábado, o São Paulo saiu atrás do placar no Morumbi, porém conseguiu uma importante vitória por 2 a 1 sobre o Goiás, na partida que marcou a abertura do segundo turno do Campeonato Brasileiro. Fernando Diniz não esconde o incômodo ao ver o Tricolor voltando a sofrer um gol, porém prefere exaltar o espírito da equipe que buscou o triunfo em casa.

“Eu destaco a energia e o poder de reação. Da forma como tomamos o gol, no Flamengo foi bem no começo do jogo e, hoje, especialmente, foi na primeira bola que foi no nosso gol. A gente já tinha criado algumas chances, estava em cima do Goiás o tempo todo. Cometemos uma falha e tomamos o gol, então temos que destacar o poder de reação, embora tenhamos que fazer de tudo para não tomar gol”, afirmou o treinador.

Na visão do treinador, jogar contra equipes fechadas é sempre um desafio para o time que busca construir ofensivamente. Além de destacar bons resultados do Goiás, Diniz apontou um detalhe que o incomodou na primeira etapa.

“Acho que as chances foram criadas de maneira inteligente, jogando pelos lados e sem oferecer contra-ataques. Oferecemos poucos contra-ataques, e eles estavam esperando um erro nosso para saírem rapidamente. No primeiro tempo, o jogo ficou meio arrastado. Se pudesse fazer uma correção, seria circular a bola de um lado para o outro mais rápido. A gente ficava com a bola muito tempo no mesmo espaço e isso facilita a marcação”, pontuou Diniz.

“Fora isso, acho que a equipe produziu bem. Jogar contra times que jogam da forma como o Goiás jogou aqui é super difícil. É um time que tomou um gol do Flamengo no último minuto, quando estava 1 a 1, ganhou por 1 a 0 do Internacional, empatou por 0 a 0 com o Botafogo… É um time que dificilmente perde com uma diferença grande de gols. Então, a gente tem que saber valorizar a vitória”, completou.

Por fim, Diniz analisou a polêmica envolvendo o primeiro gol do São Paulo. Brenner cabeceou e Tadeu fez grande defesa, porém o bandeirinha assinalou que a bola já havia cruzado a linha. O VAR confirmou o tento e o treinador elogiou a decisão de Héber Roberto Lopes, responsável por comandar o árbitro de vídeo neste sábado.

“O que vocês fariam em um lance que é duvidoso? Dariam ou não o gol? É uma pergunta que será respondida conforme a conveniência. O bandeirinha estava bem posicionado e achou que entrou. Então, eu fico com ele. E premiou o gol, se tivesse que criar uma regra no futebol em casos de dúvida, talvez teria que premiar o gol”, disse Diniz.

“De onde eu estava, é muito difícil de falar. Eu não vi a imagem ainda. Se ela é inconclusiva, a gente tem que respeitar o que o bandeirinha achou na hora do gol. Se ele tivesse achado que não foi gol, a gente teria que respeitar do mesmo jeito. Não tem muita discussão quanto a isso, ninguém tem má fé de nada”, finalizou.

Com o resultado, o São Paulo foi aos 33 pontos, na terceira colocação. O próximo compromisso do time é pelas quartas da Copa do Brasil, enfrentando o Flamengo na quarta-feira, às 21h30, no Maracanã.

Deixe seu comentário

Fonte: www.gazetaesportiva.com/times/sao-paulo/diniz-valoriza-o-poder-de-reacao-do-sao-paulo-e-comenta-decisao-polemica-do-var