Estudantes e trabalhadores protestam contra cortes de Bolsonaro na educação

São Paulo – Estudantes e trabalhadores foram às ruas em diversas localidades do país nesta quinta-feira (9) para prostestar contra os novos cortes do governo de Jair Bolsonaro (PL) no orçamento do Ministério da Educação, que afeta as universidades, o ensino, a pesquisa e a ciência. Os atos foram convocados pela União Nacional dos Estudantes (UNE), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) e a Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG) e contaram com apoio de diversas entidades, como a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e partidos políticos de oposição.

Os novos cortes no orçamento do Ministério da Educação e a proposta, apoiada pelo governo, de cobrança de mensalidades nas universidades públicas mobilizaram os manifestantes, contrários aos ataques desferidos por Bolsonaro desde que tomou posse, em janeiro de 2019. No último dia 27, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) colocou na pauta a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 206/2019, que propõe a cobrança de mensalidades nas universidades federais. Na ocasião, o governo federal anunciou que R$ 3,2 bilhões da verba prevista para o Ministério da Educação (MEC) em 2022 serão bloqueados.

O valor do corte, que representa 14,5% no orçamento do MEC, atinge em cheio os institutos e as universidades federais. Esse total faz parte do chamado orçamento discricionário, ou seja, montante que cada universidade pode aplicar em outras despesas, exceto salários e aposentadorias de professores.

Programas de auxílio à permanência de estudantes carentes e bolsas de iniciação científica e pesquisa são afetados. Por isso o lema dos manifestantes é “Bolsonaro, tira a mão da Federal!”

A justificativa do governo é que o contingenciamento é necessário para cumprir o .

Em Brasília, os manifestantes partiram da concentração na frente ao Museu Nacional da República, seguiram pelo Eixo Monumental, que chegou a ter três faixas bloqueadas, seguiram pela Esplanada nos Ministérios e terminaram com protestos diante do MEC.

Data Povo pela Educação, em Brasília

— Data Povo (@data_povo1)

A turma do IFMA Monte Castelo já tá concentrada pra ir pro ato na Deodoro!!

— Josy Gomes (@josygomes65)

TIRA MÃO DA FEDERAL é o grito dos estudantes de Norte a sul do Brasil!! Estamos em Manaus contra os cortes no orçamento de 2022.

— União Brasileira dos Estudantes Secundaristas ✏️ (@ubesoficial)

Luta unificada em defesa de uma educação de qualidade para todos(as)!

— CPERS (@Cpersoficial)

USP e UNESP juntas na luta pela Educação! 📣O não é só de quem estuda nos Institutos e Universidades Federais. Tb é a luta de todos contra um gov que ataca sistematicamente a Educação Pública que queremos!

— Juventude Pátria Livre (@JPL_Brasil)

Saindo o bonde contra os cortes na Educação em Goiás! 🔥

— União Brasileira dos Estudantes Secundaristas ✏️ (@ubesoficial)

Se tem dinheiro pra viagra tem pra educação🤷🏾‍♀️Em Natal na luta contra os cortes.

— União Brasileira dos Estudantes Secundaristas ✏️ (@ubesoficial)

Em Picos no Piauí os estudantes já estão mobilizados para defender a educação!Fotos: Kessia Alencar

— UNIÃO NACIONAL DOS ESTUDANTES 💙 (@uneoficial)

NOSSO ATO É LINDO DE SE VÊ😍🥰A turma do IF de Valença-BA foi às ruas pra gritar bem alto um e no nosso . ✊🏾🥹

— União Brasileira dos Estudantes Secundaristas ✏️ (@ubesoficial)

O IFAM CMZL- Manaus mobilizado pra derrotar o pior presidente da história!Fotos: ge_cmzl

— UNIÃO NACIONAL DOS ESTUDANTES 💙 (@uneoficial)

🟢🔴IFMT CONTRA OS CORTES🟢🔴Mobilização de milhões na capital mato-grossense.✊🏾🚀Nesse estamos nas ruas em defesa da educação e contra os cortes na rede federal de ensino.

— União Brasileira dos Estudantes Secundaristas ✏️ (@ubesoficial)

✊🏿🔥 OS ESTUDANTES ESTÃO SE ORGANIZANDO PRO ATO DO !Em São Luís, Caxias e Imperatriz irão rolar atos!!

— Josy Gomes (@josygomes65)

A turma do IFMA Monte Castelo já tá concentrada pra ir pro ato na Deodoro!!

— Josy Gomes (@josygomes65)

🟢🔴 TIRA A MÃO DA FEDERAL 🟢🔴Concentração a todo vapor com os alunos do IFAM – Campus Manaus. ✊🏾🚀

— União Brasileira dos Estudantes Secundaristas ✏️ (@ubesoficial)

Fonte: www.redebrasilatual.com.br/educacao/2022/06/cortes-de-bolsonaro-na-educacao-provocam-dia-de-protestos-de-estudantes-e-trabalhadores