Documentário apresenta Mulheres na Ciência | Acesso Cultural

Créditos: Divulgação 3M

A 3M está lançando no Brasil o documentário “Não Pareço Cientista (Not The Science Type)”, que aborda estereótipos negativos e a necessidade de maior diversidade, equidade e inclusão nas áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM). Produzido em parceria com a Generous Films e a Associação Americana para o Progresso da Ciência (American Association for The Advancement of Science – AAAS), a produção conta a história de quatro mulheres cientistas que desafiaram padrões e enfrentaram a discriminação para se destacar em campos de ciência.

O documentário teve exibição exclusiva durante o Festival Tribeca, no final de junho, em Nova York (EUA). No Brasil o vídeo está disponível no Blog de Curiosidade da 3M.

“Não Pareço Cientista” pretende transmitir uma mensagem de esperança e inspiração para as gerações futuras com a história das personagens, que superaram preconceitos e romperam fronteiras para mostrar que tudo o que é possível.

“Temos na 3M uma longa história em promover iniciativas, ferramentas e conhecimentos para que estudantes e professores possam ter sucesso nas carreiras científicas. Estamos orgulhosos deste documentário e continuamos dedicados a abrir espaços para grupos sub representados nestas áreas”, comenta Paulo Gandolfi, diretor de Inovação, Pesquisa & Desenvolvimento da 3M para a América Latina.

O documentário foi inspirado pelas descobertas da última edição do Índice do Estado da Ciência – State of Science Index, estudo global da empresa respondido por 17 mil pessoas de 17 nacionalidades, que apontou que meninas e mulheres continuam a enfrentar obstáculos e barreiras na educação científica.

O levantamento revelou que globalmente 59% das pessoas acreditam que mulheres são mais desencorajadas a buscar uma educação científica do que homens, e 87% concordam que é necessário fazer mais para incentivar e manter meninas engajadas na educação científica. Ao destacar estas quatro profissionais, o filme mostra que mulheres estão quebrando paradigmas dentro de suas áreas e inspirando a futura geração de meninas a se tornarem cientistas e embaixadoras no tema.

“Não Pareço Cientista” é uma produção da 3M em parceria com a Generous Films e a American Association for the Advancement of Science (AAAS), dirigido pelo documentarista colombiano Julio Palacio e produção de Christine Arena.

Quem são as personagens:

– Gitanjali Rao, Kid of the Year 2020 da revista TIME, é uma inventora de 15 anos que tem a missão de inspirar e criar uma comunidade global de jovens inovadores para resolver problemas em todo o mundo.

– Ciara Sivels, engenheira nuclear do Laboratório de Física Aplicada Johns Hopkins e primeira mulher negra a obter um doutorado em Engenharia Nuclear pela Universidade de Michigan. É embaixadora da AAAS (American Association for the Advancement of Science If/Then.

– Jessica Taaffe, cientista de saúde global, microbiologista e embaixadora da AAAS If/Then.

– Jayshree Seth, engenheira química e Chief Science Advocate da 3M (defensora chefe da ciência) com 72 patentes em seu nome.

Jornalista graduada pela Universidade Nove de Julho, é especialista em Jornalismo Cultural, Assessoria de Imprensa e Mídias Sociais. Trabalha na área de comunicação desde 2010. Fundadora do Site Acesso Cultural, sempre quis desenvolver um veículo onde pudesse noticiar o que acontece de novidade no meio do entretenimento cultural. Apaixonada por shows de rock, livros, filmes, séries e animais.

Fonte: acessocultural.com.br/2021/09/documentario-produzido-pela-3m-pretende-encorajar-as-futuras-geracoes-a-ingressar-na-ciencia