Fome: população desenterra frango estragado em lixão de Humaitá, no Amazonas – Hora do Povo

Moradores de Humaitá desenterram carga de frango apreendida pela vigilância sanitária do Amazonas – Foto: Reprodução/Twitter

Moradores da cidade de Humaitá, a 590 km da capital do Amazonas, Manaus, desenterraram do lixão do município uma carga de frango estragada que havia sido apreendida e descartada pela Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf).

O vídeo que circula na internet escancara a gravidade da fome que a população passa no nosso país. Nas cenas, homens e mulheres cavam o solo do lixão para desenterrar o frango. Pessoas de todas as idades colocam em suas sacolas o lixo que possivelmente será a refeição de suas famílias. No lixão não havia nenhum fiscal da Prefeitura de Humaitá para evitar que as pessoas continuassem cavando o lixão e pegando o alimento.

A população de Humaitá, no Amazonas, invadiu um lixão em busca de 5 toneladas de frango estragado q estava enterrado no local. É uma cena muito triste. Difícil até de conceituar. Não consigo nem expressar tamanha desigualdade social. Esse é o retrato da fome no Brasil.

— Regiane Pimentel (@RegianePiment12)

Dados recentes da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan) apontaram que o Brasil tem pelo menos 19 milhões de pessoas passando fome, e 55% das famílias estão em insegurança alimentar – sem acesso regular e permanente a alimentos. 

Na última segunda-feira (10), fiscais da Adaf apreenderam e descartaram mais de 5 toneladas de frango congelado na cidade de Humaitá. Segundo as autoridades, o alimento estava sendo transportado sem nota fiscal e sem devida refrigeração, o que significaria risco a saúde de quem o consumisse.

Segundo a coordenadora da Unidade Local de Sanidade Animal e Vegetal (Ulsav) de Humaitá, Nislene Molina, a carga havia saído de Rondônia e tinha como destino o município amazonense de Canutama, a 638 quilômetros de Manaus. Ao todo 5 toneladas foram apreendidas.

imagem15-01-2022-13-01-19
imagem15-01-2022-13-01-19
Fila de moradores para retirar frango condenado pela vigilância sanitária – Foto: Reprodução/Twitter

O caminhão-baú foi abordado por fiscais da Barreira de Vigilância Agropecuária e foi levado ao lixão municipal. O descarte teve apoio do maquinário da Prefeitura de Humaitá e o transportador foi autuado, sendo aplicada uma multa de R$ 300,00.

De acordo com o Jornal Regional JAM2, da Rede Amazônica — filiada da TV Globo do Estado do Amazonas — os moradores saíram do lixão com centenas de frangos em sacolas e cestas. Ainda ao jornal, a vigilância sanitária deixou um alerta ressaltando que a carne é imprópria para consumo e que pode gerar dores de cabeça, náusea e diarreia. Quem também emitiu nota sobre o assunto foi o Hospital Regional de Humaitá e avisou que vai ficar em alerta sobre um possível surto de infecção no município.

Fonte: horadopovo.com.br/fome-populacao-desenterra-frango-estragado-em-lixao-de-humaita-no-amazonas