‘Inconsistências afastam hipótese de suicídio’, diz promotor sobre Nayara

Omar Merida, promotor envolvido na investigação da morte da modelo brasileira Nayara Vit em Santiago, no Chile, afirmou que “inconsistências” em depoimentos indicam hipóteses diferentes de suicídio no caso.

Em entrevista ao “Fantástico”, da TV Globo, ele detalha que as investigações sobre a morte confirmada na última segunda-feira (12) estão avançando de forma satisfatória.

Relacionadas

Colhemos áudios, vídeos, depoimentos e evidências materiais que contribuem para esclarecer a dinâmica dos fatos. Determinadas inconsistências nos depoimentos principais permitem considerar com mais força e interesse hipóteses distintas do suicídio.Omar Merida, promotor do caso

Marcela Bakit, advogada e amiga de Nayara, afirma que nunca viu a modelo deprimida. “Nem nos piores momentos que ela pudesse ficar. Era apegada a sua filha. Custa muito acreditar que ela quisesse se matar”.

O suicídio foi apontado no depoimento do namorado da brasileira, Rodrigo Del Valle Mijac. O executivo de uma empresa de tecnologia do Chile estava em casa com Nayara assim como a filha Gabriela, de 4 anos, e a babá da criança.

A possibilidade de ideias suicidas também foi negada pelo advogado Cristian Cáceres, que defende a família da brasileira no Chile, em conversa com o “Fantástico”.

“Também tomamos conhecimento que ela, na mesma noite, estava muito feliz e animada. Nayara jantou com amigos em Santiago”, relatou Cristian.

Depoimentos de familiares

Em entrevistas divulgadas no programa “Domingo Espetacular”, da Record TV, o irmão e a prima de Nayara Vit, Gabriel Vit e Flávia Falco, também negaram a possibilidade de Nayara pensar em suicídio.

Em entrevista ao UOL, a mãe da modelo, Eliane Vit, afirma que a filha pode ter sido vítima de feminicídio na capital chilena.

A família da modelo não conseguiu autorização do governo chileno para ir ao velório. O país conta com restrições impostas em razão da pandemia de coronavírus. O “Domingo Espetacular” informou que o corpo e Nayara voltará a ser analisado pela perícia antes da realização de um enterro.

Versão do namorado

O “Domingo Espetacular” também ouviu Andrea Iglesias, amiga do casal em Santiago. De acordo com ela, Nayara pulou da varanda após dizer que “não aguentava mais” Rodrigo.

Andrea também relatou que Nayara já precisou ir até a sua casa com a filha após uma briga com Rodrigo. “Ele tomou um calmante, misturou com vinho e ficou agressivo”, disse a chilena sobre o relato feito pela amiga. A situação também foi relatada pela amiga e advogada Marcela Bakit.

Gabriel Vit questionou a versão do empresário chileno e opinou sobre a possibilidade de a casa ter sido limpa momentos após a queda da modelo.

“Se acontece comigo, eu chamo a perícia na hora. Como você manda limpar tudo? Quem ligou para o meu pai e comunicou sobre a morte da Nayara foi o ex-marido dela, porque uma amiga avisou para ele”, contou.

Flávia citou a possibilidade de uma briga do casal no restaurante na mesma noite da morte. “Ele não desceu correndo para ver a namorada? Por que ele não acionou o socorro? Todos se perguntam sobre isso”, apontou.

Fonte: tvefamosos.uol.com.br/noticias/redacao/2021/07/18/nayara-vit-promotor-investigacao.htm