Sarah não viu racismo em fala de Rodolffo sobre cabelo de João: ‘Exagero’

Oitava eliminada do “BBB 21“, Sarah Andrade, de 30 anos, avaliou que houve um exagero na acusação de racismo com o cantor Rodolffo por comparar o cabelo do professor de geografia, João Luiz, com peruca de monstro no reality show da Rede Globo.

Em entrevista ao “Irmãos Dias podast”, a consultora de marketing digital classificou a repercussão de acusação de racismo, cinco meses após o fim do programa, como um ‘overreact’. Ou seja, traduzindo ao pé da letra, houve uma ‘reação exagerada’ por parte da acusação de João Luiz.

É meio delicado falar isso aí porque eu gosto dos dois. Olhando de fora, porque lá de dentro a gente sabe que a pressão é muito maior e foi até na semana seguinte que eu sai do programa. Então, eu, olhando de fora, acho que aconteceu como a gente fala em inglês: um ‘overreact’. Acho que balançou as estruturas sem tanta necessidade, porque não achei que foi feito de maldade. Não achei que foi um caso de racismo, mas eu entendo o outro lado que ele já estava apanhando da mesma pessoa por outros motivos dentro do jogo.

Sarah entende que a relação de altos e baixos de Rodolffo com João Luiz no confinamento acabou sendo o fator que motivou o professor de geografia expor a fala racista do cantor, ao vivo, durante uma dinâmica de jogo da discórdia.

Aí, vai virando uma bola de neve e qualquer coisinha que aconteça pra você vai virar uma grande coisa. Às vezes, pra uma mulher quebrar uma unha pode ser uma coisa muito grave e pro outro tem que quebrar uma perna, sabe? Então, depende muito da pessoa, da pressão psicológica. Então, entendo muito dele ter sentido muito como uma agressão, de certa forma, a pessoa dele, porque já tinham acontecido outras coisas no jogo e vai virando aquela bola de neve. Mas acho que naquele momento, naquela situação, não tinha sido feito por maldade, não.

Entenda o que aconteceu

Em uma dinâmica de jogo da discórdia, João Luiz revelou aos brothers que Rodolffo fez uma comparação entre seu cabelo e a peruca da fantasia do castigo do monstro. Abalado, o professor disse que teve que tomar coragem para poder contar o que houve:

Muita gente aqui pode não saber, mas no sábado aconteceu uma situação no quarto cordel que estava eu, Caio, Rodolffo e Juliette, e eu tô dizendo isso aqui agora porque pra mim, é um momento de muita coragem, de poder estar falando isso aqui agora. Rodolffo chegou a fazer uma piada comparando a peruca do monstro da pré-história com o meu cabelo. Então, isso pra mim, tocou num ponto muito específico. O jogo pode ser sim coisas que a gente vive aqui dentro, mas tem que ser um jogo de respeito. João

Rodolffo se mostrou surpreso e respondeu:

Se todo mundo observou como era a peruca do monstro… acredito eu que era um pouco semelhante.

João acabou caindo no choro, foi consolado por alguns participantes e continuou seu desabafo:

Não adianta você vir com discurso de que não foi sua intenção, de que você não teve a intenção, que eu tô cansado de ouvir isso e não é só aqui dentro, é lá fora também. Nunca ninguém tem a intenção de machucar, nunca ninguém tem a intenção de fazer as coisas com a gente. Por que, que não é mais fácil pra você reconhecer que errou, cara? E você fala pra mim que você quer ser melhor e você acabou de reafirmar, você tá reafirmando a mesma coisa que você falou.

João e Rodolffo do BBB21 geraram discussões sobre racismo e lugar de fala.

Imagem: Rede Globo/Reprodução

Comentários racistas e homofóbicos no BBB 21

Depois de sair do BBB 21, Rodolffo confessou ter se arrependido dos comentários sobre o cabelo de João e sobre o vestido de Fiuk. Em entrevista a Ana Maria Braga, ele afirmou: “Não era minha intenção, detesto ver gente magoando os outros. Não vou fazer mais“.

No entanto, pouco mais de um mês depois da final do programa, mostrou que ainda não entendeu o problema em suas falas e as descreveu como coisas que “a gente fala numa roda de amigos, brincadeiras que a gente faz com pessoas que a gente tem mais intimidade”.

Graças a Deus foram coisas que não me incriminaram perante o público. ‘Tudo o que você falou lá dentro eu falo aqui fora’ ou ‘O que você falou lá dentro eu falo no dia a dia’. Eu ouço muito isso na rua. Rodolffo sobre os comentários preconceituosos no BBB 21.

Fonte: tvefamosos.uol.com.br/noticias/redacao/2021/10/10/sarah-diz-que-houve-exagero-na-acusacao-de-racismo-de-rodolffo-com-joao.htm