Bolsonarista Zé Trovão é colocado na lista de procurados da Interpol – Hora do Povo

Zé Trovão e Oswaldo Eustáquio estão foragidos da justiça brasileira – Foto: Reprodução

O Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou uma ordem judicial de difusão vermelha que inclui o bolsonarista Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão, na lista de procurados da Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal). A ordem foi recebida pela Polícia Federal (PF) ainda na quinta-feira (9).

O cumprimento da prisão de Zé Trovão, após a confirmação de que ele está foragido no México, agora depende da ação da polícia e autoridades mexicana, de acordo com investigadores da Polícia Federal. Por isso, o bolsonarista até o momento ainda não foi preso.

Zé Trovão está em território estrangeiro e a ordem internacional de prisão agora precisará ser cumprida pela polícia mexicana. Segundo investigadores, ainda seria necessária uma autorização de um juiz mexicano para validar a ordem de prisão.

As autoridades brasileiras ainda deverão solicitar ao governo mexicano a extradição de Zé Trovão. Só com a abertura desse processo de extradição é que ele poderia ser enviado de volta ao Brasil para o cumprimento da prisão preventiva determinada pelo ministro do STF Alexandre de Moraes.

Segundo investigadores, outra opção possível é pedir ao departamento de imigração do México que deporte o bolsonarista, para que a sua prisão seja efetivada em solo brasileiro.

A Polícia Federal possui um delegado em atividade no solo mexicano que está acompanhando o caso.

O bolsonarista divulgou mensagem por vídeo, na tarde desta sexta-feira (10), anunciando o fim do movimento de caminhoneiros que ele ajudou a convocar para pressionar o Senado a destituir ministros do Supremo.

Desde segunda-feira, baderneiros ocuparam a Esplanada dos Ministérios, em Brasília, bloquearam rodovias, com caminhões e máquinas agrícolas, em 15 estados. O grupo queria entregar um ultimato ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, mas o tom agora é outro. Os bolsonaristas recuaram, ecoando a nota de Bolsonaro.

Alexandre de Moraes também decretou uma nova ordem de prisão para o blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio que teria se encontrado com Zé Trovão em Guadalajara, no México. A decisão foi tomada após o blogueiro realizar uma transmissão ao vivo em uma rede social em que, junto com Zé Trovão, incita atos contra o STF.

Agora, Eustáquio também se torna investigado no inquérito que busca apurar a prática de atos antidemocráticos no dia da Independência. A ação tramita em sigilo. 

O blogueiro já havia sido preso em outra ocasião, por suspeitas de articular atos contra a Corte e o Congresso Nacional. 

Fonte: horadopovo.com.br/bolsonarista-ze-trovao-e-colocado-na-lista-de-procurados-da-interpol