Capitão Wagner no privado é Bolsonaro, no público esconde, diz José Sarto

Sarto (PDT) tem 59% dos votos válidos em Fortaleza, diz Datafolha. Foto: Reprodução Facebook

Candidato do PDT à prefeitura de Fortaleza recebeu apoio de 7 dos 8 partidos que disputaram o primeiro turno

Diante do crescimento da candidatura de José Sarto (PDT) à Prefeitura de Fortaleza no segundo turno, que recebeu o apoio de sete entre oito partidos que disputaram o primeiro turno, o candidato bolsonarista Capitão Wagner (Pros) declarou que vai conquistar os eleitores de todos os partidos que declararam apoio a Sarto.

Sarto rebateu e respondeu que o oponente “desdenha dos meus apoios porque não conseguiu nenhum” e que tenta esconder o apoio de Bolsonaro, o grande perdedor das eleições municipais no primeiro turno.

“O candidato adversário tem um discurso dúbio. Eu brinco muito aqui com essa história: é como uma parceria público-privada. No privado, ele diz que é Bolsonaro desde que nasceu; no público, ele faz esse jogo duplo: às vezes diz que é, às vezes diz que não é. Eu acho que o Bolsonaro não vai gostar disso não, ele (Wagner) vai acabar ficando só”, declarou José Sarto, em entrevista ao jornal O Globo.

“Meu adversário não conseguiu, então ele desdenha de quem conseguiu. Ele tentou, com todos os partidos, e não conseguiu nenhum. E aí agora vem com essa de que está conversando com a população”, rebateu Sarto, após receber apoio do candidato do PV, deputado Célio Studart, na quinta-feira (19).

“São dois pesos e quatro medidas. Na campanha passada, o meu adversário tinha mais tempo que o do nosso candidato do PDT, e agora reclama de falta de tempo. Na eleição passada, ele tinha partidos grandes que estavam o apoiando, e que hoje não estão mais. Por que será? É um projeto isolado, sem adesão e sem equipe”, destacou o candidato pedetista.

“Tenho conversado com todos os partidos desde o primeiro turno e nenhum, absolutamente nenhum, colocou nenhuma condição para esses apoios. Não há nenhuma conversa não republicana, mas sim de debate da cidade”, afirmou José Sarto.

PESQUISAS

Segundo a pesquisa de intenção de voto do Datafolha, divulgada na sexta-feira (20), Sarto largou na frente na disputa de segundo turno das eleições 2020 de Fortaleza com 59% dos votos válidos, e o Capitão Wagner (Pros), com 41%. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Em votos totais, o Datafolha afirmou que Sarto tem 50% dos votos, já Wagner, 36%. Votos brancos e nulos 10% e 4% de indecisos. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. O Datafolha entrevistou 868 eleitores de Fortaleza em 18 e 19 de novembro de 2020.

No primeiro turno, Sarto obteve 35,72% dos votos válidos, e Wagner, 33,32%. Inicialmente com dez candidatos na coligação, Sarto já recebeu desde domingo apoios do PCdoB, UP, PV, Patriota, Solidariedade, PT e Psol.

Capitão Wagner, que é candidato oficial de Bolsonaro, não conseguiu nem o apoio do PSL, único partido que concorreu à Prefeitura no primeiro turno que ainda não manifestou a sua preferência no segundo turno.

Fonte: horadopovo.com.br/capitao-wagner-no-privado-e-bolsonaro-no-publico-esconde-diz-jose-sarto