Humorista Paulo Gustavo falece aos 42 anos, vítima da Covid-19

O ator e humorista Paulo Gustavo, 42 anos, morreu nesta terça-feira, 4, de complicações da Covid-19. Ele estava internado no hospital Copa Star, em Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro, desde o dia 13 de março.

Nos últimos dias o ator teve uma piora em seu estado de saúde provocada por uma embolia pulmonar devido à uma fístula bronquíolo-venosa  – abertura entre os pulmões e as veias – e insuficiência cardíaca e lesões cerebrais.

Paulo Gustavo era casado com o dermatologista Thales Bretas e pai de Romeu e Gael, de um ano e sete meses.

Paulo Gustavo morreu no mesmo dia que outras 3.025 pessoas também perderam a vida vítimas da covid-19, doença para a qual já existe vacina. O ator é mais uma vítima fatal do governo Bolsonaro.

Conhecido pelo espetáculo “Minha Mãe é Uma Peça” e pelo humorístico “Vai Que Cola”, Paulo Gustavo foi recordista de bilheteria brasileiro no teatro e no cinema com mais de 26 milhões de espectadores. Ele foi internado no dia 13 de março. Uma semana depois, no dia 21, foi intubado “para ser tratado de forma mais segura”.

Após apresentar alguns sinais de recuperação na semana seguinte, o ator teve uma piora no começo de abril e precisou ser submetido ao tratamento com a ECMO – uma técnica de oxigenação que funciona como pulmões e coração artificiais e tem sido utilizada em casos graves de pacientes com covid-19.

Dias depois, o ator foi submetido à uma pleuroscopia, quando foi identificada uma fístula bronco-pleural que impedia a adequada ventilação mecânica. Ainda naquela semana, Paulo Gustavo precisou de uma transfusão de sangue.

Na semana seguinte, em 15 de abril, foi informado pela primeira vez que o quadro de Paulo Gustavo havia estabilizado, desde então, o ator não apresentou novos sinais de piora.

Agora, após duas semanas estáveis, o estado de saúde do ator piorou novamente. Na tarde desta terça, novo boletim disse que o ator estava com quadro irreversível, mas mantinha os sinais vitais. Às 21h12, no entanto, foi constatada a morte de Paulo Gustavo.

Nas redes sociais, milhares de pessoas lamentaram a perda do humorista:

Sem que ele soubesse, foi uma despedida pic.twitter.com/vKLCvBQfpl

— André Trigueiro (@andretrig) May 5, 2021

Eu sinto muito Fábio🌹

— Zé Luiz (@zeluizlhesdiz) May 5, 2021

Paulo Gustavo morreu em decorrência de uma doença que tem vacina pra ela. O presidente desse país fez questão de ignorar todas as ofertas de vacina no ano passado. Já era pra estamos vacinando metade da população. Somos reféns de um criminoso que assumiu a presidência.

— operação lydileite (@ly_carr) May 5, 2021

ttps://twitter.com/LucianoHuck/status/1389760493955518467?s=20

Hoje perdemos um gênio do humor, Paulo Gustavo deixou um lindo legado na vida de todos os brasileiros que será eterno. Deixamos aqui nosso desejo de força para toda a sua família.. Você é luz, Paulo Gustavo!

— Gilberto Nogueira 🎓 (@gilnogueiraofc) May 5, 2021

😔❤️🙏 Nao queria fazer esse post.. to tão triste que não sei mesmo o que escrever.. to sentindo um aperto no peito desde que noticiaram que ele foi internado.. eu rezei e torci muito pela cura do Paulo Gustavo, ele fez o país inteiro gargalhar❤️ e rez… https://t.co/Npr4bhEBh3 pic.twitter.com/guFyM4eIeF

— Dani Calabresa (@calabresadani) May 5, 2021

Fonte: horadopovo.com.br/humorista-paulo-gustavo-falece-aos-42-anos-vitima-da-covid-19