Lucas dos Santos, jovem militante do movimento negro, é assassinado na porta de casa em Maricá

Foto: Reprodução

O jovem Lucas dos Santos, de 23 anos, foi assassinado a tiros no portão de casa, no último domingo (3), em uma comunidade na cidade de Maricá (RJ).

Testemunhas afirmaram que Lucas estava sentado na calçada junto com o seu primo, Michael dos Santos, quando dois criminosos encapuzados dispararam várias vezes contra os jovens.

Os bandidos fugiram após o crime e deixaram Lucas e Michael caídos na calçada de casa. Os primos foram socorridos e levados para o Hospital Municipal Conde Modesto Leal, no Centro de Maricá, mas Lucas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade hospitalar. Michael dos Santos segue internado.

Lucas era militante do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e ativista do movimento negro na União de Negras e Negros pela Igualdade (Unegro).

Moradores da localidade revelaram em entrevistas que a região está vivendo uma guerra entre traficantes de facções criminosas e a milícia. O ataque teria sido uma espécie de “alerta”, mas ainda não se sabe o motivo dos jovens terem sido os alvos. Oficialmente, a Polícia Civil ainda apura as circunstâncias do crime. A ocorrência foi registrada na 82º DP (Maricá) e encaminhada para a Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI).

A direção estadual do PCdoB emitiu uma nota de falecimento em homenagem ao jovem, afirmando que “é com imenso pesar que o Comitê Estadual do PCdoB-RJ recebe a notícia do assassinato de Lucas Santos, militante de nosso Partido na Cidade de Maricá barbaramente assassinado no último domingo. Lucas era um jovem negro e ativista da luta antirracista, infelizmente mais uma vítima da violência em nosso estado que tem ceifado vidas majoritariamente da juventude negra”.

“O Comitê Estadual do PCdoB exige apuração deste caso por parte das autoridades competentes e se solidariza com familiares e amigos nesta hora de dor e de despedida. Para nós a forma de homenagear este jovem lutador que foi arrancado da vida precocemente é seguir em frente com a luta em defesa da construção de uma sociedade mais justa e igualitária e no combate diuturnamente ao racismo”, ressalta a nota, assinada por Irapuan Santos, presidente em exercício do Comitê Estadual do PCdoB-RJ.

O movimento Unegro-RJ também lamentou a morte do ativista: “É com bastante pesar que recebemos a notícia do falecimento do jovem LUCAS DOS SANTOS, aos 23 anos. Deixamos nossas mais sinceras condolências à família e amigos por esta inestimável perda”.

Fonte: horadopovo.com.br/lucas-dos-santos-jovem-militante-do-movimento-negro-e-assassinado-na-porta-de-casa-em-marica