Honda apresenta o elétrico Striemo, patinete com três rodas e tecnologia de assistência ao equilíbrio

Foto: Divulgação Honda

A Honda acaba de entrar no mercado dos patinetes elétricos apresentando seu Striemo, desenvolvido pela startup de mesmo nome e recém-estabelecida pela empresa japonesa. Baseado em uma composição de três rodas, o veículo de micromobilidade traz uma tecnologia original de assistência ao equilíbrio.

Conforme traz a Honda, o patinete elétrico foca na condução segura em ambientes urbanos, em uma sintonia com a sustentabilidade. Algumas das especificações do Striemo são sua velocidade máxima de 25 km/h e autonomia de cerca de 30 km, com tempo de carregamento de 3,5 horas.

As vendas do e-scooter começarão ainda este ano no Japão, com a Honda informando o peso da edição de lançamento no país em apenas 20 kg. Já o mercado europeu vai receber o Striemo em 2023. Veja um pouco do patinete elétrico em ação:

Tecnologia de equilíbrio para você não cair do patinete

Segundo Yotari Mori, CEO da recém-formada startup Striemo Inc., o patinete elétrico foi desenvolvido para que os usuários se movimentem naturalmente sobre ele, “assim como todos saem com seus sapatos”. A composição em três rodas ajuda nisso, mas a tecnologia de estabilidade é o toque diferenciado do veículo.

Com uma capacidade de calcular o equilíbrio de seu centro de gravidade em 0,1 mm, a Striemo diz que é muito difícil a pessoa cair com o patinete. Esse “sistema intuitivo” foi desenvolvido para evitar quedas, independentemente da velocidade em que é conduzido, baseado em um controle de equilíbrio que a Honda desenvolveu ao longo dos anos.

Também facilita essa segurança o mecanismo de giro. Para virar, os pilotos precisam se inclinar na curva, não muito diferente de um esquiador pode fazer em uma colina. Isso permite que ele não apenas seja estável em altas velocidades, mas também gire muito acentuadamente em baixas velocidades.

O preço do patinete elétrico da Honda está sendo esperado em cerca de 260 mil ienes no Japão para cada uma das 300 primeiras unidades em pré-venda. Em uma conversão direta, desconsiderando diferenças de impostos ou taxas, seriam cerca de R$ 9.819 hoje (14).

Fonte: Olhar Digital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.