Ministério Público quer volta do Comitê de Combate a Incêndios no Piauí

Nessa quarta-feira (03), o Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI) formalizou a entrega de solicitação dirigida ao Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Piauí. A ação tem o objetivo de garantir a reativação do Comitê Estadual de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais e Controle de Queimadas.

Conforme o MPPI, o requerimento foi elaborado após a constatação do aumento do número de focos de calor no Estado do Piauí a partir do mês de agosto, diante da análise de dados do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Especiais).

Neste mês de agosto é possível verificar a baixa umidade do ar e alta temperatura, por isso favorece a propagação do fogo em vegetações e em áreas urbanas.

O Comitê

Conforme o Ministério Público do Piauí, o Comitê Estadual de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais e Controle de Queimadas, é um órgão interinstitucional, que congrega representantes de entidades governamentais e da sociedade civil.

Ainda segundo o MPPI, o comitê que é instituído pelo Decreto Estadual nº 13.263/2008 tem como objetivo o fortalecimento e a articulação de ações e as políticas de educação, prevenção, monitoramento e controle de queimadas, fiscalização e incêndios florestais. Além disso, visa sistematizar, disponibilizar e dar publicidade à sociedade das informações relativas ao tema.

Fonte: www.viagora.com.br/policia/noticia/2022/8/5/ministerio-publico-quer-volta-do-comite-de-combate-a-incendios-no-piaui-98184.html