Movimento Polícia Unida faz novo ato e pede audiência com Belivaldo


Movimento Polícia Unida faz novo ato e pede audiência com Belivaldo

em 15 fev, 2022 20:32 Compartilhar Anterior 1 De 14 Próximo

O Movimento Polícia Unida realizou uma nova assembleia seguida de ato nesta terça-feira, 15. Delegados, bombeiros e policiais civis e militares se concentraram no Parque da Sementeira, mas de lá seguiram em caminhada pelas ruas de Aracaju.

Após deixarem o Parque da Sementeira, as categorias pararam em frente à residência do governador Belivaldo Chagas, onde cantaram o hino nacional, relembrando a importância das forças de segurança. Em seguida, os profissionais caminharam até o Palácios dos Despachos e estão concentrados no local, reivindicando uma audiência imediata com o governador Belivaldo Chagas.

As categorias querem que o Governo do Estado envie à Alese o Projeto de Lei que contemple o pagamento do adicional de periculosidade e da reposição inflacionária, assim como a reestruturação das carreiras policiais.

“A nossa paciência acabou. No último dia 26, , que disse que no início de fevereiro, os projetos iriam para Alese. Hoje é dia 15 de fevereiro, o que significa que já estamos na segunda metade do mês e nem sequer fomos para negociar e quem dirá enviar um projeto para a Alese. Então, diante de mais uma quebra de compromisso, viemos pessoalmente cobrar uma audiência imediata com o governador Belivaldo Chagas”, destaca o presidente da Adepol, Isaque Cangussu.

“Protocolamos aqui no Palácio dos Despachos um ofício determinado em nossa assembleia unificada, onde decidimos juntos exigir do governador uma audiência imediata. A nossa entrada foi pacífica e ordeira, mas pedimos aos colegas que aguardem do lado de fora. Só sairemos daqui quando tivermos uma resposta quanto ao pedido de audiência. Precisamos exigir respeito em Sergipe”, comenta o presidente do Sinpol, Adriano Bandeira.

Até a publicação desta matéria, os integrantes do Movimento Polícia Unida continuavam concentrados no Palácio dos Despachos à espera de uma resposta do Governo de Sergipe. Um representante da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/SE) foi acionado e está no local.

Governo

Em resposta ao Portal Infonet, a Superintendência de Comunicação do Governo do Estado reiterou que o Projeto de Lei já está em andamento. “O Governo do Estado já está concluindo os cálculos de impacto financeiro, dentro das possibilidades do Estado, para enviar para Assembleia Legislativa o Projeto de Lei com melhorias salariais para os servidores públicos estaduais”, afirmou.

“O Governo do Estado já está concluindo os cálculos de impacto financeiro, dentro das possibilidades do Estado, para enviar para Assembleia Legislativa o Projeto de Lei com melhorias salariais para os servidores públicos estaduais”, afirmou.

Entenda

Esse é o quarto ato do Movimento Polícia Unida, desde que a foi deflagram no dia 11 de janeiro.  As categorias o pagamento do adicional de periculosidade e da reposição inflacionária, além da reestruturação da carreira.

 

Por Luana Maria e Verlane Estácio

Compartilhar

Fonte: infonet.com.br/noticias/cidade/movimento-policia-unida-deflagra-quarto-ato-do-ano