Aleida Guevara: “Bloqueio dos EUA é contra o povo cubano” – Hora do Povo

“Tem sido um tremendo trabalho de mágica comprar insumos para vacinas sem que os EUA o impeçam”, diz Aleida (Télam)

Aleida Guevara March, filha de Ernesto “Che” Guevara, afirmou, na quarta-feira (14), que os protestos que aconteceram no último domingo em Cuba foram causados ​​por “gente sem escrúpulos, pagos pelos Estados Unidos” e que o bloqueio econômico sofrido pela ilha, repudiado pela maioria do mundo na ONU, afeta a distribuição de vacinas cubanas porque não temos “plásticos derivados do petróleo” e faltam seringas.

“Estão passando coisas manipuladas pelos Estados Unidos. Pessoas de baixa laia, pessoas que não tem escrúpulos se jogaram na rua e alguns idiotas os seguem”, disse a médica especialista em pediatria em entrevista à Radio Rebelde de Buenos Aires, referindo-se aos protestos que começaram no último domingo em San Antonio de los Baños.

“Ninguém pode ter permissão para atacar a propriedade do Estado, do povo, do que é nosso. Estamos exigindo que a Polícia tome controle da situação”, concluiu Aleida.

Em relação ao bloqueio econômico, que foi mais uma vez rejeitado pela Assembleia Geral da ONU, a médica argentino-cubana disse que dificulta a distribuição das vacinas cubanas, como é o caso da já aprovada Abdala.“O problema é que para fazer estas vacinas precisamos de insumos que muitas vezes não temos, há que comprá-los no exterior e tem sido um tremendo trabalho de mágica fazer isso sem que os Estados Unidos o impeçam”, assinalou.Apesar de Cuba «ter recebido muito da solidariedade internacional», a falta de seringas é um obstáculo à campanha de vacinação, já que a ilha não é «produtora de petróleo» e são necessárias três seringas – de plástico derivado do óleo negro – para que cada pessoa esteja totalmente imunizada, ressaltou.«Esse é o sério problema do bloqueio imposto pelos Estados Unidos que muito nos afeta. Eles tentaram por todos os meios tomar medidas contra o povo”, concluiu Aleida Guevara.

Fonte: horadopovo.com.br/aleida-guevara-bloqueio-dos-eua-e-contra-o-povo-cubano