Biden emite declaração de ‘grande desastre’ para permitir envio de ajuda ao Texas

Foto: Kevin Lamarque/Reuters Joe Biden 20 de fevereiro de 2021 | 19:20 mundo

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, aprovou neste sábado, 20, uma declaração de “grande desastre” para o Estado do Texas, disponibilizando uma gama mais ampla de assistência federal para ajudar as pessoas afetadas pela severa tempestade de inverno.

Biden já havia aprovado estado de emergência em Louisiana, Oklahoma e Texas após severas tempestades de inverno que atingiram o sul esta semana, matando dezenas de pessoas e deixando milhões sem energia elétrica, aquecimento ou água potável.

A declaração de Biden permite que indivíduos e proprietários de negócios no Texas solicitem ajuda de emergência federal, incluindo subsídios para habitação temporária e reparos domésticos, empréstimos de baixo custo para cobrir perdas de propriedade não seguradas e outros programas de recuperação.

Cerca de 80 mil clientes de concessionárias de energia elétrica no Texas permaneceram no escuro e sem aquecimento na manhã deste sábado. Mais de 14 milhões de pessoas em 160 condados ainda viviam interrupções no serviço de água na noite de sexta-feira, e os impactos da explosão de frio ártico da semana se estendeu até Mississippi, Louisiana e Tennessee.

As temperaturas estão subindo, mas o tempo gelado da semana ainda está afetando a infraestrutura do Texas. Houston, a quarta maior cidade do país, estava sob uma recomendação para ferver água fervente a ser consumida na noite de sexta-feira. Grande parte da capital do Estado, Austin, não tinha água encanada e as autoridades não sabiam dizer quando ela poderia voltar.

“Tem sido uma coisa atrás da outra”, disse o prefeito democrata de Austin, Steve Adler, à CNN na sexta-feira. “Esta é uma comunidade de pessoas que estão assustadas, chateadas e com raiva. Eventualmente precisaremos de algumas respostas melhores para o motivo de estarmos aqui.”

A Fema (Agência Federal de Gestão de Emergências, na sigla em inglês) forneceu até agora geradores, água potável, alimentos e outros suprimentos para o Texas.

Biden disse na sexta-feira ao administrador interino da FEMA, Robert J. Fenton Jr., que ele estava pronto para mobilizar outras agências federais para ajudar as pessoas em necessidade crítica no Estado, de acordo a Casa Branca. Biden também disse na sexta-feira que gostaria de visitar o Texas em breve, “mas não quero ser um fardo”.

Enquanto o Texas começa a se recuperar da falha de sua rede elétrica, a atenção está mudando para se um desastre dessa magnitude poderia ter sido evitado e quem é o culpado pela emergência. O Congresso provavelmente abrirá uma investigação na próxima semana sobre o que deu errado no Texas, e a legislatura do Estado deve conduzir suas próprias audiências.

Autoridades independentes disseram que cabe à Comissão de Utilidade Pública do Texas – que supervisiona o Conselho de Confiabilidade Elétrica do Texas – ordenar que os fornecedores se preparem melhor para o frio extremo e penalize aqueles que decidirem não fazê-lo. Sem esses custos, dizem os especialistas, os fornecedores de energia continuarão a negligenciar os preparativos, com consequências previsíveis.

“Para economizar milhões de dólares, os geradores falharam em resistir ao clima, e as consequências são que pessoas morreram e custou ao Estado muitos bilhões de dólares em reparos em nossas casas e edifícios”, disse Tom “Smitty” Smith, diretor da filial do Texas da organização de interesse público Public Citizen.

Os avisos de congelamento estavam em vigor no sul do Texas até as 9h de sábado, quando as temperaturas da manhã caíram novamente. Mas o clima do Estado está melhorando. O aumento das temperaturas é o primeiro passo para a recuperação, mas as rápidas oscilações também estão sobrecarregando a infraestrutura. Além de estourar os canos de água, o rápido aquecimento do clima pode fazer com que o gelo deslize perigosamente de edifícios e estradas se rachem.

As escolas públicas em várias das principais cidades do Texas – incluindo Houston, Dallas e Austin – permanecerão fechadas até terça-feira, enquanto os funcionários e os pais procuram se recuperar. Algumas escolas serviram como centros de aquecimento ao longo da semana. Com a escassez de água, os eventos de distribuição foram planejados nas principais áreas metropolitanas do Texas.

Estadão Voltar para a página inicial

Fonte: politicalivre.com.br/2021/02/biden-emite-declaracao-de-grande-desastre-para-permitir-envio-de-ajuda-ao-texas